Lenda do judô Teddy Riner perde invencibilidade de quase 10 anos

Riner, bicampeão olímpico (2012 e 2016) e dez vezes campeão mundial, acumulava 154 lutas de invencibilidade

Riner, bicampeão olímpico (2012 e 2016) e dez vezes campeão mundial, acumulava 154 lutas de invencibilidade

Riner, bicampeão olímpico (2012 e 2016) e dez vezes campeão mundial, acumulava 154 lutas de invencibilidade

Folha de Pernambuco

O judoca francês Teddy Riner, 30, perdeu uma luta após quase 10 anos de invencibilidade. O feito raro aconteceu em casa, no Grand Slam de Paris, e ele foi derrotado pelo japonês Kokoro Kageura, 24. Riner, bicampeão olímpico (2012 e 2016) e dez vezes campeão mundial, acumulava 154 lutas de invencibilidade.

Do fim de 2017 até julho de 2019, ele havia ficado quase um ano sem competir, com o objetivo de se preparar para a busca do tricampeonato na Olimpíada de Tóquio-2020.
Desde que voltou, ele lutou e venceu o Grand Prix de Montreal e o Grand Slam de Brasília, ambos no ano passado, mas já havia tido dificuldades em alguns embates.

No Brasil, por exemplo, ele havia feito sua luta de estreia contra Kageura e sofreu quatro entradas perigosas, mas ganhou após aplicar um waza-ari com quase 6 minutos de golden score (prorrogação). Agora, foi a vez de o japonês derrubar a lenda do judô com esse mesmo golpe, também no golden score. A última derrota de Riner havia ocorrido em setembro de 2010, quando ele perdeu para o japonês Daiki Kamikawa.

Leia também:
Seleção feminina de basquete fica fora da Olimpíada após 28 anos
Sport visita Decisão buscando reencontrar as vitórias