Morales descarta negociação política para solucionar crise eleitoral na Bolívia

Presidente da Bolívia ainda mandou um recado para a direita

Presidente da Bolívia ainda mandou um recado para a direita

Presidente da Bolívia ainda mandou um recado para a direita

Folha de Pernambuco

O presidente boliviano, Evo Morales, descartou neste sábado qualquer negociação política com a oposição, que questiona sua vitória eleitoral e exerce pressão nas ruas para forçar um segundo turno, apesar de o tribunal ter declarado o presidente vencedor.

"Quero dizer a vocês: aqui não há negociação política, aqui se respeita a Constituição e o partido que venceu as últimas eleições nacionais. Quero que a direita boliviana saiba disso", disse o presidente em tom desafiador, durante ato público neste sábado em Cochabamba (centro).

Leia também:
Com 99,99% das urnas apuradas, Evo Morales comemora vitória na Bolívia
Apuração mostra vitória de Evo Morales na Bolívia em 1º turno
Evo Morales anuncia que venceu no primeiro turno na Bolívia