'Mulan' e filme de James Bond devem ter estreia adiada na China por causa do coronavírus

Há também indicações de que 'Mulan' tenha seu lançamentos atrasado na Itália

Há também indicações de que 'Mulan' tenha seu lançamentos atrasado na Itália

Há também indicações de que 'Mulan' tenha seu lançamentos atrasado na Itália

Folha de Pernambuco

A estreia do filme live-action "Mulan", da Disney, deverá ser adiada nos cinemas chineses. Segundo informações da revista Variety, os estúdios cancelaram a estreia original, em uma decisão que pode custar ao filme dezenas de milhões de dólares em bilheteria. O filme teve um custo de US$ 200 milhões e conta com elenco de atores asiáticos.

"No Time to Die", filme de James Bond, também teve sua data inicial adiada pelos estúdios responsáveis, decisão que deve ser seguida por distribuidoras de outros novos filmes, uma vez que os cinemas na China permanecem fechados.

Há também indicações de que "Mulan", "O Grito" e "Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica" tenham seus lançamentos atrasados na Itália, onde o número de casos de coronavírus saltou recentemente para 400.

Leia também:
Billie Eilish apresenta a canção do novo filme de James Bond; ouça
Filme Mulan ganha novos trailer e poster oficiais


A propagação do vírus tem causado problemas para Hollywood em geral. Empresas ligadas aos filmes estão pedindo aos funcionários que adiem suas viagens de trabalho para países como China, Japão, Itália e Coréia do Sul, regiões mais afetadas pela doença, e estão promovendo campanhas promocionais para vários blockbusters futuros.

Filmes como "Mulher Maravilha: 1984" e o nono filme de "Velozes e Furiosos" estão entre os principais filmes que estrearão nos próximos meses, e também podem ser afetados se a doença continuar a se espalhar.