Mutirão oferece, até 6 de dezembro, renegociação de dívidas em condições especiais

A ação para negociação de dívidas será a última organizada pelo Procon em 2019

A ação para negociação de dívidas será a última organizada pelo Procon em 2019

A ação para negociação de dívidas será a última organizada pelo Procon em 2019

Folha de Pernambuco

Uma nova edição do Mutirão dos Superendividados do Procon-PE começou nesta segunda-feira (25). A ação, que segue até o dia 6 de dezembro, deve atender aproximadamente 360 pessoas por dia na sede do Procon Pernambuco, localizada na Rua Floriano Peixoto, 141, bairro de São de José. O mutirão levará ao consumidor endividado negociações facilitadas com empresas como a Celpe, Compesa; bancos; companhias de telefonia, TV a cabo e internet; e as prefeituras de Olinda e Recife, que negociam dívidas de IPTU. Os atendimentos estão disponíveis das 7h às 15h de segunda a sexta.

A ação para negociação de dívidas será a última organizada pelo Procon no Recife este ano. Segundo Mariana Pontual, secretária executiva dos Direitos do Consumidor, a ação acontece em um momento propício. "Estamos passando por um momento econômico difícil, mas a ação de renegociação acontece quando o décimo-terceiro salário está saindo e uma parcela do FGTS também. O consumidor pode aproveitar essas oportunidades e renegociar com essas empresas de uma forma diferenciada", disse Mariana.

Entre os consumidores que aproveitaram a ação, está a auxiliar de serviços gerais Elizabeth Barbosa, 39, que conseguiu uma renegociação que diminuiu sua dívida com a Compesa em aproximadamente 93%. "Foi uma oportunidade boa. Estava com o nome sujo e não podia tirar um cartão e fazer compras. Agora, com essas condições, eu vou conseguir pagar e evitar novas dívidas", afirmou.

Leia também:
Clientes da Compesa podem negociar dívidas no mutirão dos superendividados
Último mutirão de endividados no Recife começa nesta segunda
Oito dicas do Procon para comprar os presentes de fim de ano sem arrependimento

Serão distribuídas 360 fichas a cada dia de ação, sendo 60 para o atendimento da Compesa e 60 para a Celpe. No entanto a organização do evento afirma que os atendimentos são flexíveis e podem ser feitos mesmo sem a ficha, desde que o cliente chegue à sede do órgão até as 14h.

Para participar do mutirão é preciso comparecer ao local e apresentar a Carteira de Identidade original e cópia, além do CPF, comprovante de residência e documentos que possam comprovar a dívida, como nota fiscal, ordem de serviço, faturas, comprovante de pagamento e/ou contrato, número de protocolo, entre outros.