Naomi Osaka abandona WTA Finals devido a lesão no ombro

Atual número três do mundo, a japonesa venceu o Aberto da Austrália neste ano e o US Open de 2018

Atual número três do mundo, a japonesa venceu o Aberto da Austrália neste ano e o US Open de 2018

Atual número três do mundo, a japonesa venceu o Aberto da Austrália neste ano e o US Open de 2018

Folha de Pernambuco

A tenista japonesa Naomi Osaka abandonou nesta terça-feira (29) o WTA Finals devido a uma lesão no ombro direito, uma segunda desistência consecutiva para a tenista no torneio que reúne as oito melhores jogadoras da temporada em Shenzhen, na China.

Vencedora de dois Grand Slam, Osaka, de 22 anos e atual número três do mundo, teria que enfrentar nesta terça-feira (29) a líder do ranking, a australiana Ashleigh Barty. "Estou decepcionada por ter que abandonar. Foi um grande evento em Shenzhen, é o maio evento WTA do ano", declarou a japonesa, que não disputou a edição do ano passado devido a uma lesão na coxa.

"Não é assim que eu queria terminar este torneio ou minha temporada. Tenho vontade de me recuperar e espero estar de volta aqui em Shenzhen no ano que vem", completou. A japonesa estreou no torneio no domingo vencendo a tcheca Petra Kvitova por 7/6 (7/1), 4/6, 6/4, em uma reedição da final do Aberto da Austrália.

Leia também:
Naomi Osaka recupera liderança do ranking da WTA
[Vídeo] US Open: Osaka é eliminada nas oitavas
Naomi Osaka se esquiva de polêmica com ex-técnico


A holandesa Kiki Bertens, número 10 do mundo e chamada às pressas para substituir Osaka no restante do torneio, entrou em quadra no lugar da japonesa nesta terça-feira (29) e venceu Barty em três sets, 3/6, 6/3, 6/4.