Náutico e Odilávio perto de um acordo

Atleta ainda não se reapresentou ao clube após imbróglio jurídico com o Timbu no início do mês

Atleta ainda não se reapresentou ao clube após imbróglio jurídico com o Timbu no início do mês

Atleta ainda não se reapresentou ao clube após imbróglio jurídico com o Timbu no início do mês

Folha de Pernambuco

Náutico e Odilávio estão próximos de chegar a um acordo após o imbróglio entre clube e atleta no início do mês devido um pedido de rescisão contratual do prata da casa. A informação foi confirmada pelo vice-presidente jurídico do Timbu, Bruno Becker. A expectativa é que a situação seja resolvida ainda nesta semana.

Alegando salários atrasados, Odilávio entrou na Justiça solicitando rescisão contratual. O atleta obteve uma liminar favorável, mas o departamento jurídico do clube conseguiu derrubar a decisão, fazendo com que o atacante voltasse a ter vínculo com o Náutico. O jogador ficou fora dos treinamentos desde então, e os dirigentes pernambucanos chegaram a falar no pedido de uma multa por conta da ausência. Porém, após contato do empresário do prata da casa, Lucas Neves, clube e jogador devem entrar em um acordo.

Para deixar o Náutico e acertar com outro clube, Odilávio teria de pagar ao clube R$ 150 mil – valor que deve ser negociado pelo empresário do atleta. Há a possibilidade também de o Timbu negociar a manutenção de uma parte dos direitos econômicos do prata da casa.

Leia também:
Náutico reencontrará Márcio Goiano em jogo contra o River
Odilávio não se reapresenta e pode ser multado