OMS declara que há registro de mortes de crianças por covid-19

A doença era considerada de maior risco para idosos ou pessoas com a imunidade baixa

A doença era considerada de maior risco para idosos ou pessoas com a imunidade baixa

A doença era considerada de maior risco para idosos ou pessoas com a imunidade baixa

Folha de Pernambuco

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou no início da tarde desta segunda (16) que foram detectadas as primeiras mortes de crianças por causa da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. O órgão não divulgou ainda os detalhes do perfil das vítimas. Mas, até o momento, os grupos mais vulneráveis incluem pessoas idosas ou com doenças pré-existentes.

"Temos vista uma rápida escalada em medidas de isolamento social, como fechamentos de escolas, cancelamentos de eventos e aglomerações, mas não temos visto uma urgência suficiente na escalada de testes, isolamento e contato de origem", disse o diretor.

"É uma doença séria. Há evidências que aqueles com mais de 60 anos correm maior risco, mas jovens, incluindo crianças, morreram", disse o diretor.Para ele, o governo deverá ampliar a disponibilização de testes e medidas drásticas devem ser respeitadas.