Pernambucanos são convocados para a seleção feminina de handebol

Goleira Renata Arruda e técnico Cristiano Rocha participarão de treinos e amistosos preparatórios para a Olimpíada

Goleira Renata Arruda e técnico Cristiano Rocha participarão de treinos e amistosos preparatórios para a Olimpíada

Goleira Renata Arruda e técnico Cristiano Rocha participarão de treinos e amistosos preparatórios para a Olimpíada

Folha de Pernambuco

Dois pernambucanos estão na lista de convocação da seleção brasileira feminina de handebol para uma temporada de treinos e amistosos na Europa. A goleira Renata Arruda, campeã e revelação da equipe nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, e o treinador Cristiano Rocha, do Clube Português/Aeso e das categorias de base do Brasil.

Eles viajam no próximo dia 18 para Portugal, onde treinarão até o dia 27. Depois, seguirão para a Dinamarca, onde farão dois amistosos contra a seleção dinamarquesa, nos dias 28 e 29. O objetivo é preparar o time para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, entre os próximos dias 24 de julho e 9 de agosto.

“O prazo para o início dos Jogos está cada vez menor e o trabalho vai se afunilando. Estamos na reta final de preparação e esta viagem será muito importante e decisiva para a Seleção. Tenho certeza que será um tempo muito bem aproveitado pela comissão técnica e pelas atletas”, afirmou Cristiano.

Renata, que foi lapidada justamente por Cristiano, no clube luso, hoje veste a camisa do Bera Bera, da Espanha. Após a campanha no Pan de Lima, sobretudo nas partidas decisivas para o título, ela entrou de vez na briga por uma vaga na convocação final do técnico Jorge Dueñas, espanhol que está no comando da seleção brasileira desde 2017.

Já Cristiano atua como auxiliar técnico na equipe olímpica desde 2015, quando o comando ainda era do dinamarquês Morten Soubak. Ele caminha para os segundos Jogos da carreira e sabe que o trabalho precisa estar bem afinado, pois os detalhes fazem a diferença em um evento dessa magnitude. “É um grande campeonato. Ali estão as melhores do mundo. Por isso precisamos identificar e corrigir todos os defeitos neste momento para que o time chegue ainda mais forte para a competição. Tenho muita esperança de fazermos uma excelente Olimpíada”, declarou.

Além de auxiliar da seleção olímpica, Cristiano é o técnico da equipe nacional juvenil e um dos responsáveis pela coordenação de parte dos acampamentos promovidos pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) com jovens atletas em todo o Brasil. No Recife, comanda o time do Colégio Anglo e as equipes femininas do Português/Aeso, uma referência no Nordeste.