Petrobras vende sua participação na Belem Bioenergia Brasil

A Belem Bioenergia foi constituída em 2011 pela Petrobras e pela Galp para a produção de óleo vegetal

A  Belem Bioenergia   foi  constituída  em  2011  pela  Petrobras  e  pela  Galp para a  produção  de  óleo  vegetal

A Belem Bioenergia foi constituída em 2011 pela Petrobras e pela Galp para a produção de óleo vegetal

Folha de Pernambuco

A Petrobras Biocombustíveis finalizou nesta sexta-feira (1º) a venda de sua participação de 50% na empresa Belem Bioenergia Brasil para a Galp Bioenergy B.V. (Galp), que já controla os outros 50%.

A Belem Bioenergia foi constituída em 2011 pela Petrobras e pela Galp para a produção de óleo vegetal.

Em nota, a Petrobras informa que, após o cumprimento de todas as condições precedentes, a operação foi concluída, cabendo à Petrobras Biocombustíveis o recebimento de R$ 24,7 milhões. De acordo com a nota, os recursos serão retidos pela Galp até dezembro de 2020, para compensação de potenciais pagamentos de indenizações.

Leia também:
União e Petrobras assinam termo aditivo da cessão onerosa
Para Ibama, Petrobras limita ajuda para contenção de óleo no Nordeste
Não há dúvidas de que óleo é da Venezuela, diz diretor da Petrobras


"A operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à geração de valor para os acionistas", acrescenta a Petrobras.

*Com informações da Petrobras