Petrolina inicia fiscalizações educativas após reabertura da economia

A partir da próxima semana estabelecimentos que descumprirem medidas poderão ser fechados

A partir da próxima semana estabelecimentos que descumprirem medidas poderão ser fechados

A partir da próxima semana estabelecimentos que descumprirem medidas poderão ser fechados

Folha de Pernambuco

A cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, começou nessa segunda-feira (1º) a reabertura dos segmentos econômicas após mais de dois meses de suspensão por causa da pandemia de Covid-19. Segundo a prefeitura, foram iniciadas fiscalizações educativas para orientar empresários sobre o protocolo de prevenção ao novo coronavírus.

A partir da próxima semana, a fiscalização será rigorosa e os estabelecimentos que desobedecerem o decreto podem ter o alvará de funcionamento cassado ou suspenso. Os responsáveis poderão sofrer outros tipos de penalidades como multa e condução à delegacia de Polícia Civil para adoção das medidas legais cabíveis.

Leia também:
Reabertura do comércio revela cisão entre Prefeitura de Petrolina e Governo
Brasil se aproxima dos 30 mil mortos pela Covid-19


Equipes da Guarda Civil Municipal, de Disciplinamento Urbano e fiscais de posturas começaram o trabalho nas principais ruas e avenidas do centro comercial da cidade. Mais de 30 estabelecimentos foram visitados.

A fiscalização usou um "check list" para identificar se todas as exigências estavam sendo cumpridas pelos comerciantes. Os que ainda não haviam se adequado foram informados sobre a necessidade de ajuste. Os lojistas ainda aproveitaram para tirar dúvidas com a fiscalização.

Retomada
Esta primeira fase da retomada na cidade libera 100% da capacidade de atendimento ou funcionamento para agropecuária, indústria e transporte público (táxi, mototáxi e carros por aplicativo). A capacidade de 75% está liberada para transporte público coletivo. Administração pública, comércio e serviços, construção civil, parques e orla fluvial, templos religiosos e velórios podem operar com 50%. Todas as demais atividades e serviços não listados seguem proibidos em Petrolina, inclusive eventos.

Recomendações
Entre as principais recomendações para os estabelecimentos comerciais estão: uso obrigatório de máscara dentro do estabelecimento; distância mínima de 2 m entre as pessoas; marcações que sinalizem onde os consumidores devem se posicionar; disponibilização de álcool em gel 70% ou soluções de higienização em locais de fácil acesso; higienização do ambiente; proteção de grupos de risco no trabalho; afastamento de casos positivos ou suspeitos; atendimento diferenciado para grupos de risco; monitoramento da temperatura dos colaboradores; testagem dos colaboradores; e uso do aplicativo móvel Dycovid.

O descumprimento pode ser denunciado à Central de Atendimentos da Secretaria Executiva de Segurança Pública, no telefone 153, ou pelo WhatsApp (87) 9.8106-7310.

Coronavírus em Petrolina
A Secretaria de Saúde de Petrolina confirmou nessa segunda mais 15 casos positivos de Covid-19, elevando o total a 268. A atualização ainda registrou mais um óbito, com nove mortes ao todo. 97 pessoas infectadas apresentaram cura clínica e estão recuperadas.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte