Folha de Pernambuco Polícia apreende adolescente por morte de defensor público no Paiva

Polícia apreende adolescente por morte de defensor público no Paiva

Jovem, apontado como autor dos disparos, foi apreendido em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, por meio de mandado

Jovem, apontado como autor dos disparos, foi apreendido em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, por meio de mandado

Jovem, apontado como autor dos disparos, foi apreendido em Candeias, Jaboatão dos Guararapes, por meio de mandado

Folha de Pernambuco

Um adolescente de 17 anos foi apreendido suspeito de ser o autor dos disparos no roubo seguido de morte que vitimou o defensor público aposentado da Paraíba Levi Borges, 72 anos, na última quinta-feira (9), na saída de um condomínio na praia do Paiva, no município do Cabo de Santo Agostinho. Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, o jovem foi encontrado nesse sábado (11), no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife.

Em nota, a Polícia Civil informou que o adolescente foi detido por meio de mandado de busca e apreensão, cumprido pela 13ª Delegacia de Polícia de Homicídios, sob titularidade do delegado Cláudio Neto. Não foram divulgados detalhes do depoimento do jovem, que foi encaminhado para o Centro de Internação Provisória (CENIP). A ação da apreensão do suspeito contou com a parceria do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri) e do Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB).

Leia também:
Confusão em presídio acaba com um detento morto e cinco feridos
Polícia Civil fará registros de queixas pela Internet


Um vídeo divulgado pela polícia mostra o momento em que Levi Borges é rendido ainda dentro do carro por um homem armado. Após descer do veículo, sem esboçar reação à abordagem, ele é baleado pelo criminoso. Levi estava acompanhado da esposa, a também juíza Mariza Borges de Lima. O vídeo foi gravado pelas câmeras na entrada do condomínio onde mora a filha do defensor público, no Cabo de Santo Agostinho.

Após o ato, o autor dos disparos entrou em um carro onde havia outra pessoa esperando por ele. A Polícia não informou sobre o paradeiro desse outro suspeito envolvido no crime. “As investigações prosseguem, e a Polícia Civil se pronunciará ao término das investigações”, disse em nota.

Depois de ser baleado, o defensor público aposentado chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, em Jaboatão, onde deu entrada com vida, mas não resistiu aos ferimentos. Levi Borges também era jornalista e estava em Pernambuco para visitar a filha, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, que mora no condomínio na praia do Paiva.

Últimas