População teme período de chuvas sem finalização das obras no Canal do Fragoso

A Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) informou que a primeira etapa das obras no Canal do Fragoso será concluída até o fim de março

A Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) informou que a primeira etapa das obras no Canal do Fragoso será concluída até o fim de março

A Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) informou que a primeira etapa das obras no Canal do Fragoso será concluída até o fim de março

Folha de Pernambuco

 A população dos bairros de Jardim Fragoso, Jardim Atlântico e Fragoso, em Olinda, enfrenta o medo das chuvas que se aproximam. O alargamento do Canal do Fragoso, que faz parte do pacote de obras Via Metropolitana Norte, estava previsto para ser entregue em 2016. Este atraso na entrega assusta os moradores locais, que já se começam a se preocupar com próximo inverno. 

A obra é para construir duas pistas marginais ao Rio Fragoso, com três faixas de rolamento, sendo uma apenas para circulação de ônibus. Além das pistas, o projeto também prevê a construção de uma ciclovia e uma calçada margeando o canal. A Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) informou que a primeira etapa das obras no Canal do Fragoso será concluída até o fim de março.

Moradores da área que margeia o Canal do Fragoso lutam diariamente para subir a estrutura de suas casas, com receio de alagamentos no período chuvoso. Na casa de Paula Graziele, 32, e José Cláudio,41, entrou água pela primeira vez em 2016. O casal economiza diariamente para realizar uma obra na casa, para subir a estrutura. "Quando a gente vê a chuva pegar em Minas Gerais, do jeito que foi esse ano, pensamos logo em nos preparar para o que vai acontecer por aqui. Quando a chuva vem pra cá, vem do mesmo jeito", contou José Cláudio. Para Paula, é difícil acreditar nas ações do poder público. "Aqui tudo tem que ser só, ninguém faz nada por nós não", contou. 

Leia também:
Obra de R$ 13,7 milhões no canal do Fragoso promete evitar alagamentos
Detran-PE prepara operação para Carnaval de Olinda e do Recife


Assim como o casal, Elisabeth Regina Silva, 39, economiza para subir o piso da sua casa. Mãe de quatro filhos, Elisabeth conta com o Bolsa Família no valor de R$ 240 e um trabalho de dois dias na semana, em um bar, que paga R$ 60 a diária. Na obra improvisada para salvar a família do alagamento, ela sacrificou o banheiro da estrutura anterior da casa. "Não tenho nem banheiro em casa agora, mas já estou batendo uma laje para ver se consigo me salvar", contou.

Inicialmente, Elisabeth acreditava que a obra iria facilitar a vida de quem tivesse problemas com enchentes no local. Contudo, após perder seus móveis e precisar abandonar sua casa durante as chuvas, ela mudou de ideia. "A gente pensava que ia melhorar, mas está pior", reclamou.

Com relação ao período chuvoso, a Prefeitura de Olinda informou que a Operação Inverno vai promover a limpeza e desobstrução dos 27 canais espalhados pela cidade e irá intensificar o monitoramento das encostas e pontos de risco. A apresentação de toda a operação está programada para depois do Carnaval.

Procurada, a Cehab, divulgou, por meio de nota, que estão concluídos quase 90% dos serviços da primeira fase do Canal do Fragoso, em Olinda. O prazo dado em janeiro (prazo divulgado no ano passado) foi alterado devido a uma tubulação da Compesa que se rompeu e as alterações na data estabelecida pela Prefeitura de Olinda na liberação para demolição da ponte localizada na avenida Fagundes Varela, no bairro de Jardim Atlântico. A Cehab destaca ainda que a partir deste sábado (8) a ponte está finalizada e à disposição da prefeitura para liberação de tráfego de veículos.