Prefeitura de Olinda decreta novas regras para bancos, supermercados e casas lotéricas

Entre as medidas está a limitação do número de clientes nos supermercados

Entre as medidas está a limitação do número de clientes nos supermercados

Entre as medidas está a limitação do número de clientes nos supermercados

Folha de Pernambuco

A Prefeitura de Olinda decretou novas regras para bancos, casas lotéricas e supermercados, a fim de reduzir a aglomeração e reduzir os riscos de contaminação do novo coronavírus. Os estabelecimentos que descumprirem as determinações podem ter seus alvarás de funcionamento suspensos.

O decreto determina que os supermercados e outros estabelecimentos de serviços essenciais devem funcionar com a capacidade máxima de 50% de pessoas no interior das lojas e apenas uma pessoa poderá ocupar um espeço de cinco metros quadrados no momento da compra.

Ainda de acordo com as novas regras, bancos, casas lotéricas e supermercados serão responsáveis pela organização das filas de acordo com as orientações de saúde quanto à distância entre as pessoas. Os estabelecimentos devem fornecer álcool em gel para higienização das mãos na entrada do local. Além disso, também passam a orientar os clientes, seja por aviso escrito ou em sistema de som, para que apenas uma pessoa por família compareça ao local.

Leia também:
Movimentação pelas ruas de Olinda se intensifica em meio à quarentena
Procon Recife inicia vistorias em supermercados, bancos e casas lotéricas


Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte