São Paulo registra 3.709 mortes por coronavírus

A maior parte dos doentes que morreram por coronavírus tinha 60 anos ou mais, totalizando 73,1% do total

A maior parte dos doentes que morreram por coronavírus tinha 60 anos ou mais, totalizando 73,1% do total

A maior parte dos doentes que morreram por coronavírus tinha 60 anos ou mais, totalizando 73,1% do total

Folha de Pernambuco

O estado de São Paulo chegou hoje (10) a 3.709 mortes por coronavírus, com 101 delas registradas nas últimas 24 horas. Desse total, mais de 1,4 mil ocorreram fora da capital, comprovando que o coronavírus está se espalhando por todo o estado.

Entre os mortos, 2.174 são homens. A maior parte dos doentes que morreram por coronavírus tinha 60 anos ou mais, totalizando 73,1% do total.

Até este momento, o estado computa 45.444 casos confirmados de coronavírus. Das 645 cidades paulistas, 412 registraram pelo menos um caso confirmado da doença. Em três casos, os mortos tinham menos de 10 anos. Fatores de risco foram identificados em 2.980 pessoas que faleceram por covid-19, o que corresponde a 80,3% do total.

Leia também:

Quarentena impediu 40 mil mortes em São Paulo, estima governo estadual
Número de mortes por coronavírus sobe mais no Brasil que na Europa

Nas últimas 24 horas, 300 pessoas foram internadas por suspeita ou diagnóstico de coronavírus. Com isso já são 9,8 mil pacientes internados em todo o estado de São Paulo, sendo que 3.909 estão em unidades de terapia intensiva (UTI).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para atendimento a covid-19 [a doença provocada pelo novo coronavírus] é de 67,9% no estado e de 83,3% na Grande São Paulo. 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte

Últimas