Schulle comemora resultado, mas espera mais do Santa

Além de cobrar evolução de seus comandados, treinador coral já projeta jogo de quarta (5), pela Copa do Brasil

Além de cobrar evolução de seus comandados, treinador coral já projeta jogo de quarta (5), pela Copa do Brasil

Além de cobrar evolução de seus comandados, treinador coral já projeta jogo de quarta (5), pela Copa do Brasil

Folha de Pernambuco

Prestes a disputar a primeira decisão na temporada, o Santa Cruz venceu mais um compromisso pelo Estadual. Sem muito esforço, o Tricolor bateu o Vitória/PE, no Arruda por 1x0 e reassumiu a liderança da competição. Na entrevista coletiva depois da partida, o técnico Itamar Schulle elogiou a atuação de seus comandados, mas acredita que ainda há muito a evoluir na sequência de 2020.

Leia também:
Santa vence o Vitória/PE e reassume liderança do Estadual


"Chutamos 15 bolas contra duas do adversário. Tivemos chances de fazer dois ou três gols no primeiro tempo. Temos que ter a tranquilidade para aproveitar essas chances que apareceram. O Vitória é uma equipe bem armada, com jogadores inteligentes", falou o treinador. "Não estamos da maneira que eu espero. Falo isso internamente para o grupo, precisamos evoluir. Mas temos que estar prontos para a decisão da Copa do Brasil. Vejo que essas partidas nos deu um pouco de entrosamento, entre outras coisas", completou já projetando o jogo contra o Operário/MT.

Nesta segunda, o elenco coral já embarca para Mato Grosso, onde entra em campo na quarta-feira (5), contra o Operário pela primeira fase do certame. Se perder, dá adeus ao torneio de forma precoce. Questionado sobre o adversário do meio de semana, Schulle mostrou conhecimento da equipe mato-grossense.

"É uma equipe perigosa, difícil, de muita entrega. Muitos jogadores estão há um bom tempo juntos. Jogou contra mim, quando estava no Cuiabá, na final do Estadual do ano passado. São pedras que temos de passar por cima", salientou.

Show Player