Suspeito de matar esposa envia mensagem à sogra no velório: 'Não sei o que fazer da minha vida'

Mensagem foi recebida pela mãe da vítima durante velório. Raphael Cordeiro Lopes segue foragido

Mensagem foi recebida pela mãe da vítima durante velório. Raphael Cordeiro Lopes segue foragido

Mensagem foi recebida pela mãe da vítima durante velório. Raphael Cordeiro Lopes segue foragido

Folha de Pernambuco

"Eu tou [sic] destruído e acabado. Não sei o que fazer da minha vida", disse o dono de casa de apostas Raphael Cordeiro Lopes, 32 anos, em mensagem enviada à sogra, Josiane Oliveira, mãe de Leandra Jennifer da Silva, de 22 anos. Leandra foi morta a tiros nesse domingo (9). Raphael, com quem a vítima era casado havia três anos, é o principal suspeito do crime e segue foragido.

A mensagem foi recebida pela mãe na manhã desta segunda-feira (10), às 7h35, durante o velório de Leandra, que ocorreu no bairro do Prado, Zona Oeste do Recife. “Depois de fazer o que fez, ele ainda veio se passar de vítima, me pedindo perdão. Me mandou uma mensagem no WhatsApp afirmando que o tiro tinha sido acidental e que amava minha filha. Que amor é esse que, ao invés de cuidar, você destrói e mata?”, afirmou Josiane.

Leia também:
Jovem é assassinada por marido na Zona Oeste do Recife
Dor e indignação marcam o adeus à jovem morta na Madalena
Preso empresário suspeito de assassinato de Gisely Kelly

"Eu amo Leandra mais que tudo nesse mundo. Foi um acidente. Eu não atirei em Leandra", disse Raphael no texto. Ele ainda alegou que formavam um casal feliz com Leandra e a chamou de "ótima mãe". "Sempre fiz tudo de melhor por ela e por Bernardo [filho do casal, de 1 ano]. Éramos unidos, fiéis e sempre estávamos juntos em tudo", disse o homem.

Segundo informações iniciais, Leandra e Raphael foram a uma prévia de Carnaval em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, no sábado (8). Quando chegaram em casa, já na manhã do domingo, os dois brigaram. A Polícia Civil de Pernambuco informou que Raphael é ex-presidiário e usuário de drogas.

"Sei o quanto estão me odiando. Sei das consequências que vou encarar e nunca vou ter perdão de ninguém, mas foi um acidente, uma fatalidade que destruiu a vida de nós todos juntos", continuou Raphael. "Tou [sic] no fundo do poço, sem luz em minha vida, só escuridão. A vida pra mim não faz mais sentido algum", concluiu o suspeito.

O corpo de Leandra será enterrado no Cemitério da Várzea, na Zona Oeste do Recife, no fim da manhã desta segunda-feira.

Mensagens foram recebidas pela mãe da vítima durante o velório

Mensagens foram recebidas pela mãe da vítima durante o velório

Folha de Pernambuco

Mensagens foram recebidas pela mãe da vítima durante o velório - Imagens: Cortesia