Temporal atinge cidades do Agreste de Pernambuco

Em Caruaru, onde choveu 57 milímetros só no bairro de Cidade Jardim, foram registradas 12 ocorrências

Em Caruaru, onde choveu 57 milímetros só no bairro de Cidade Jardim, foram registradas 12 ocorrências

Em Caruaru, onde choveu 57 milímetros só no bairro de Cidade Jardim, foram registradas 12 ocorrências

Folha de Pernambuco

Apesar da vigência de um decreto de situação de emergência por causa da estiagem, algumas cidades do Agreste de Pernambuco registraram fortes chuvas nessa terça-feira (21). Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), só no bairro de Cidade Jardim, em Caruaru, choveu 57 milímetros. Em Santa Cruz do Capibaribe a chuva foi de 43,5 mm. Os dados são das 12 horas contadas até 7h desta quarta-feira (22). Na Zona da Mata, o maior índice foi registrado em Catende, na Mata Sul, com 67,7 milímetros.

Segundo o meteorologista da Apac Roberto Pereira, o temporal deve diminuir o calor na região. "Foi causado por áreas de instabilidade provocadas pelo calor que estava fazendo, assim como pela umidade elevada na região. A previsão é de chuva para quarta e quinta", explicou. A temperatura na região deve ficar entre 18ºC e 34ºC.

Leia também:
Situação de emergência é decretada em 61 cidades do Agreste
Verão é propício para alta de casos de dengue, chikungunya e zika; veja como prevenir


Em Caruaru, várias ruas ficaram alagadas, assim como a recepção do Hospital Regional do Agreste (HRA). Os moradores da cidade ainda foram surpreendidos com raios, relâmpagos, trovões e quedas de energia durante o temporal. Na BR-232, o teto de um posto de combustíveis cedeu.

Teto de posto de combustíveis desabou com o temporal

Teto de posto de combustíveis desabou com o temporal

Folha de Pernambuco

Teto de posto de combustíveis desabou com o temporal - Foto: Cortesia/WhatsApp

Em nota, a Prefeitura de Caruaru informou que as equipes da Defesa Civil da cidade foram colocadas de plantão nas ruas para normalizar o fluxo. Foram registradas 12 ocorrências até a manhã desta quarta. Em caso de risco, os moradores devem acionar a Defesa Civil no número 199.