Websérie "Acesa" afaga a cultura nordestina

A multiartista Alessandra Leão caminhou por Pernambuco e Paraíba fazendo entrevistas com nomes importantes da cena

A multiartista Alessandra Leão caminhou por Pernambuco e Paraíba fazendo entrevistas com nomes importantes da cena

A multiartista Alessandra Leão caminhou por Pernambuco e Paraíba fazendo entrevistas com nomes importantes da cena

Folha de Pernambuco

"'Acesa' é convite ao estado de presença e de escuta. A escuta um pouquinho mais ampla. É a permissão de ouvir e acolher". Essas foram as palavras utilizadas pela multiartista Alessandra Leão ao ser questionada sobre seu mais novo projeto em formato de audiovisual, cuja inspiração veio do livro "Cidade Passo", da artista visual Vânia Medeiros. A websérie já tem o primeiro dos 15 episódios disponível no canal da artista no YouTube (youtube.com/user/alessandraleao). A pernambucana reuniu um grupo formado pelo músico, arranjador e produtor Caçapa, o cineasta Luan Cardoso, a atriz e dramaturga Luciana Lyra, além da própria Vânia, para encontros com mestras, mestres, músicos e líderes religiosos, ligados às tradições do coco, ciranda, maracatu de baque solto, jurema, umbanda e candomblé.

Leia também:
Os Arquétipos e a Música
Ocupação Itaú Cultural dedica exposição a Rino Levi

 O resultado foram conversas descontraídas e uma troca intensa com os convidados. O episódio de estreia foi com a Mestra Odete de Pilar, nascida na Paraíba. Nos próximos, dividiram suas histórias os pernambucanos Mestre Galo Preto, Pai Cacau, Paulinho Carrapeta, Alexandre L’omi L’òdo , Mãe Beth D´Oxum, Nilton Jr, Guitinho da Xambá, Babalorixá Ivo de Oxum, Mestre Barachinha e Nega Duda, e os paulistas de Guarulhos Pai Luiz Soliano e Mãe Marilda Soliano. "Foram 10 dias entre Pernambuco e Paraíba só nós quatro em um carro. A cada fim de conversa, a gente sentava e fazia uma escrita automática no caderno de campo de cada um. Foram momentos de muito estudo, de conversar e observar o olhar de cada um. Várias imersões em um mesmo mergulho", conta Alessandra.

"Acesa" se prende a uma única fórmula: caminhar ao lado do entrevistado o trajeto escolhido por ele. “Na verdade, não é um processo diferente para mim, porque têm vários elementos que já fazem parte do meu processo de criação. Eu componho muita coisa caminhando", explica a artista, que vê o espaço como fator decisivo no desenrolar da conversa. "Eu conheço todos da temporada, mas o espaço possibilita nos colocar em outro lugar. Escutando de um novo jeito. É um tempo que nos colocamos disponíveis a ouvir", explica.

O projeto move-se com intuito de difundir, aprofundar e escutar cada vez mais a cultura popular, e só foi possível graças ao Programa Rumos, do Itaú Cultural, que fomenta a produção artística e cultural brasileira desde 1997. Alessandra, na websérie, transita por diálogos confortáveis e descobre dentro do já conhecido: "Cada um é um universo muito amplo e maravilhoso. E foi no pensamento de como eu poderia contribuir com isso. Não é um resgate, são eles que me resgatam sempre. Estamos falando tanto que os tempos são sombrios e o projeto já era isso para mim, essas conversas para cada um de nós é de acender sempre. E perceber o que nos fortalece está aqui do lado. É como a gente se coloca a escutar além do lado artístico e sim como ser humano”.

SERVIÇO

"Acesa", de Alessandra Leão,
Vídeos disponíveis no YouTube da artista

Março
Dia 4 - Odete de Pilar
Dia 18 - Mestre Galo Preto
Dia 22 - Ana do Coco
Dia 25 - Pai Cacau

Abril
Dia 1 - Paulinho Carrapeta
Dia 8 - Alexandre L´omi L´òdo
Dia 15 - Mãe Beth D´Oxum
Dia 22 - Nilton Jr
Dia 29 - Guitinho

Maio
Dia 6 - Babalorixá Ivo de Oxum
Dia 13 - Mestre Barachinha
Dia 20 - Nega Duda
Dia 27 - Pai Luiz Soliano

Junho
Dia 3 - Mãe Marilda Soliano
Dia 10 - Derivas