Paraisópolis: texto de Moro protegeria policiais, afirma Maia

Em entrevista exclusiva que será exibida no Jornal da Record desta segunda (9), Rodrigo Maia fala sobre o pacote Anticrime de Moro, Paraisópolis e de Lula

Presidente da Câmara Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) , concedeu entrevista exclusiva à repórter especial do Jornal da Record, Christina Lemos. A entrevista aconteceu domingo (8), na residência oficial da presidência da Câmara e será exibida na íntegra no Jornal da Record, nesta segunda-feira (9), Jornal da Record, às 19h45. Entre os destaques da entrevista, Rodrigo Maia comenta a aprovação pela Câmara do projeto Anticrime do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, com a exclusão no texto de alguns pontos considerados polêmicos:

—  Se nós tivéssemos aprovado como ele veio do governo, os policiais que atuaram no caso de Paraisópolis não responderiam a nada, porque o excludente de ilicitude os protegeria de qualquer ação por parte do Ministério Público. 

Rodrigo Maia faz críticas a discurso de Lula

Rodrigo Maia faz críticas a discurso de Lula

DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO/12/11/2019

Além desta questão, Maia fala sobre sobre a atuação política de Sérgio Moro, do uso do decreto  para a aplicação da Garantia da Lei e da Ordem e a PEC da Segunda Instância.

Rodrigo Maia também criticou a postura do ex-presidente Lula desde que o ex-presidente deixou a cadeia. Segundo Maia, o discurso radical de Lula não é bom para o país. “Um líder não pode trabalhar pelo ‘quanto pior, melhor’”