Notícias Presos no ABC eram ligados ao setor de disciplina do PCC, diz polícia 

Presos no ABC eram ligados ao setor de disciplina do PCC, diz polícia 

Policiais encontraram munições e drogas no veículo dos suspeitos

Presos no ABC eram ligados ao setor de disciplina do PCC, diz polícia 

A polícia afirmou ter prendido cinco integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. As prisões aconteceram entre as 17h30 e 21h do último sábado (2) e, dentre os detidos, estaria um membro que seria do comando do "setor de disciplina" da organização criminosa, responsável por punir integrantes da facção que descumprem regras impostas pelo PCC - uma espécie de "tribunal do crime". 

Segundo informações da corporação, agentes da Força Tática do 6º Batalhão realizavam uma ronda no bairro Ferrazópolis, quando abordaram dois homens em um Kadett. No automóvel, os policiais afirmaram ter encontrado debaixo do banco do motorista 12 munições de calibre 38, três unidades de 9 mm, 16 de calibre 32 e outras três de calibre 22. Além disso, foram apreendidas drogas prontas para a venda e papéis com nomes de integrantes do PCC. 

Os ocupantes do carro, ainda segundo informações da polícia, afirmaram aos agentes que pertencem ao PCC e atuam em São Bernardo do Campo. Com a dupla foram encontradas anotações contendo o nome de integrantes da quadrilha que desrespeitaram normas. Em um dos casos, um criminoso solicitou um transporte por aplicativo e assaltou o motorista dentro da comunidade. 

Durante a abordagem, os policiais também descobriram que os suspeitos planejavam cometer um assassinato, na mesma noite, com a ajuda de comparsas. Eles consultaram então os celulares dos detidos e encontraram mensagens de um terceiro integrante, que foi detido em um bar. Com ele estava um revólver calibre 38, além de três munições, que seriam usadas em uma execução, combinada em uma conversa pelo celular.

No mesmo bar, outro suspeito de fazer parte do "setor de disciplina" do Primeiro Comando foi preso. 

Com a prisão dos quatro homens, foi possível localizar algumas horas depois o integrante da facção que, segundo a polícia, seria responsável pelo setor nas sete cidades do grande ABC. Ele portava um revólver calibre 38 e cinco munições. De acordo com as autoridades, ele já tinha sido preso transportando 200 kg de drogas.

Os cinco foram detidos já possuem antecedentes criminais e foram encaminhados ao 3º Distrito Policial de São Bernardo do Campo.