O Exterminador do Presente

Wilson Witzel quer acabar de vez com o Ministério da Justiça e Segurança Pública

Witzel declarou que Rio está em um bom momento com festival

Witzel declarou que Rio está em um bom momento com festival

Marcelo Camargo / Agência Brasil / CP

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, faz questão de esclarecer que nunca defendeu o fatiamento da pasta comandada por Sergio Moro, muito menos a recriação do Ministério da Segurança Pública. "O que eu proponho é a extinção do Ministério da Justiça e Segurança Pública inteiro", explicou Witzel nesta terça-feira, num dos painéis da Conference BTG Pactual 2020.

O ex-juiz acha inúteis as duas metades agrupadas num só ministério pelo presidente Jair Bolsonaro. "Segurança Pública é coisa dos governos estaduais", disse Witzel. "E a Polícia Federal deve reportar-se ao chefe do Executivo, como faz o FBI nos Estados Unidos".

O governador do Rio não esclareceu se, como o ministério que chefia, também Sergio Moro deve ser extinto.

Últimas