Os melhores piores momentos dos 40 anos do PT (Parte 5)

Lula e a Teoria das Vantagens da Terra Quadrada

LULA/SP - POLÍTICA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do lançamento do livro "Lawfare, Uma Introdução", dos advogados Cristiano Zanin, Valeska Martins e Rafael Valim, na Faculdade de Direito da USP, no centro de São Paulo, nesta quarta-feira, 11. 11/12/2019 - Foto: MARCELO CHELLO/CJPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

LULA/SP - POLÍTICA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do lançamento do livro "Lawfare, Uma Introdução", dos advogados Cristiano Zanin, Valeska Martins e Rafael Valim, na Faculdade de Direito da USP, no centro de São Paulo, nesta quarta-feira, 11. 11/12/2019 - Foto: MARCELO CHELLO/CJPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

MARCELO CHELLO/CJPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Solidária com o fiasco do Festival dos 40 Anos do PT, apresentado por Aloízio Mercadante como “a maior celebração da esquerda brasileira”, a coluna continua sugerindo atrações que tornariam menos desastrosa uma 2ª edição da comemoração. Entre as atrações, que já contam com a reprise do espetáculo em que Ideli Salvatti se transformou na Marilyn Monroe de Lula e o Curso Intensivo de Besteirol da Professora Dilma Rousseff, o partido que virou bando pode apresentar alguns dos melhores piores momentos do chefe sobre um palanque.

Entre as discurseiras de quinta categoria, qual terá sido a performance mais assombrosa de Lula? Difícil saber: o único governante do mundo que tem algo a declarar todos os dias (incluídos sábados, domingos e feriados) reuniu um acervo de espantos de dimensões cósmicas. Mas é certo que qualquer ranking dos dez mais terá de incluir o palavrório em que Lula, com a seriedade de quem demonstra um teorema, evocou Freud e as intempéries para apresentar a teoria das Vantagens da Terra quadrada. Vale a pena ver de novo: