Autos Carros Alta do dólar: Civic e Corolla sofreram com aumento em 2020

Alta do dólar: Civic e Corolla sofreram com aumento em 2020

Corolla chegou a ter seis aumentos em 2020, sendo dois em um só mês mas Civic também ficou bem mais caro ao longo do ano

A alta do dólar influenciou no aumento dos valores dos carros

A alta do dólar influenciou no aumento dos valores dos carros

marcos camargo jr

A pandemia causada pela COVID-19 além de ter afetado toda a economia fez o valor do dólar disparar chegando em alguns meses próximo dos R$ 6 enquanto no início do ano estava nivelado em R$ 4,50. Este fator também influenciou no aumento nos valores dos carros, já que parte das peças  são importadas. O R7 Autos Carros fez um estudo sobre o aumento de preços de dois dos principais concorrentes do mercado automotivo mundial: Toyota Corolla e Honda Civic que também travam uma batalha pela preferência do consumidor no Brasil.

Honda Civic é o segundo mais vendido no segmento de sedãs médios

Honda Civic é o segundo mais vendido no segmento de sedãs médios

Guilherme Magna

No mês de dezembro o Corolla recebeu o sexto aumento no ano e o segundo em menos de um mês. O último aumento variou entre R$ 3.300 e R$ 4.500, dependendo da versão. Quando foi lançada a atual geração, no ano passado, o Corolla custava entre R$ 99 mil e R$ 130 mil na versão topo híbrida com teto solar. Hoje o carro parte de R$ 114.590 na versão GLi 2.0 CVT e pode chegar R$ 154.390 na versão Hybrid 1.8 Premium.

Já o Honda Civic, custava em janeiro menos R$ 100 mil. A versão LX tinha preços a partir de R$ 99.200 e na versão Touring, topo de linha, o sedã chegava a custar R$ 136.700.

Em junho o sedã da Honda recebeu um novo aumento e nenhuma versão tinha valor abaixo dos R$ 100 mil

Em junho o sedã da Honda recebeu um novo aumento e nenhuma versão tinha valor abaixo dos R$ 100 mil

Marcos Camargo Jr

Em junho o sedã da Honda recebeu um novo aumento e nenhuma versão tinha valor abaixo dos R$ 100 mil. A versão de entrada teve preços a partir de R$ 102.200 e a topo chegou a custar R$ 140.800.

Corolla teve seis aumentos de preço em 2020

Corolla teve seis aumentos de preço em 2020

marcos camargo jr

Em outubro, a Honda apresentou a linha 2021 do Honda Civic e novamente o aumento de preços foi o principal reflexo negativo. A versão de entrada passou a custar R$ 107.200 e a topo de linha chegou a R$ 146.500.

O segmento de sedãs médios tem na liderança o Toyota Corolla que vendeu de janeiro a novembro 36.036 unidades. A segunda colocação fica com o Honda Civic com 17.579 unidades vendidas no mesmo período e fechando o pódio está o Chevrolet Cruze com 8.372 unidades.

*Por Guilherme Magna

Últimas