Autos Carros Depois de Honda, Yamaha, BMW e Harley paralisam produção no AM

Depois de Honda, Yamaha, BMW e Harley paralisam produção no AM

Pólo de Manaus vai interromper atividades até o dia 30 como mais uma medida de enfrentamento do coronavírus

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr

BMW Motorrad divulgação

Depois da Honda, que vai suspender a fabricação de motocicletas a partir de amanhã, 27, outras montadoras irão interromper as atividades fabris em Manaus até o dia 31 com prazo mínimo de três semanas para a retomada. As medidas são tomadas como enfrentamento do coronavírus (COVID-19).

Linha de montagem da Yamaha será suspensa amanhã com retorno previsto para 19 de abril

Linha de montagem da Yamaha será suspensa amanhã com retorno previsto para 19 de abril

Yamaha Divulgação

A Yamaha, que é vice-líder em vendas no mercado brasileiro, anunciou que irá paralisar a fábrica na capital amazonense entre os dias 31 de março e 19 de abril. A marca já havia tomado providências sanitárias no parque fabril e colocado funcionários do setor administrativo em home office.

A interrupção da Harley Davidson também deve durar até o dia 12 de abril. Em um comunicado a empresa detalhou que "continuará monitorando a situação de perto e fará ajustes adicionais conforme necessário, de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e das autoridades locais de saúde”.

Triumph (foto), Ducati, Kawasaki e Dafra continuam montagem na capital amazonense

Triumph (foto), Ducati, Kawasaki e Dafra continuam montagem na capital amazonense

Triumph Divulgação

A BMW, que interrompe hoje a fabricação de automóveis em Araquari/SC, também irá suspender a fabricação de motos a partir do dia 30 de março em Manaus com retomada prevista para o dia 23.

As marcas Dafra, Triumph, Ducati e Kawasaki não interromperam as atividades mas informam que estão tomando os cuidados adequados seguindo as instruções das autoridades para evitar aglomerações para preservar a saúde dos colaboradores.

Últimas