China

Autos Carros Gigante chinesa compra fábrica da Mercedes e já planeja lançamentos: veja

Gigante chinesa compra fábrica da Mercedes e já planeja lançamentos: veja

Great Wall já fabricou mais de 600 mil veículos no primeiro semestre em suas três fábricas mas operação no Brasil deve demorar

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Gigante chinesa produziu no ano passado 1,1 milhão de unidades
  • Marca já tem modelos registrados no Brasil
  • Great Wall será a terceira grande marca de origem chinesa atuando no país
  • Adequação da fábrica de Iracemápolis será longa, algo que deve levar pelo menos um ano
Great Wall detém quatro submarcas no mercado chinês: Haval, Wey (premium), Ora (elétricos) e GWM Pick-up

Great Wall detém quatro submarcas no mercado chinês: Haval, Wey (premium), Ora (elétricos) e GWM Pick-up

GWM/Reprodução

Não é mais segredo que a Great Wall Motors arrematou a fábrica da Mercedes Benz em
Iracemápolis, interior paulista
, por uma quantia ainda não revelada. E a gigante chinesa já tem modelos registrados no Brasil como aponta o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).

A gigante produziu no ano passado 1,1 milhão de unidades, pouco mais da metade de todo o mercado brasileiro em 2020 (2,05 milhão de unidades somadas todas as marcas) e 618 mil unidades de janeiro a junho de 2021. A aquisição da fábrica, que foi mantida sob sigilo e até tratada como “especulação” por parte da Mercedes Benz, se confirmou bem rápido e se espalhou pelo noticiário mundial. O R7 ouviu duas fontes ligadas à marca alemã que confirmam a venda feita “de portas fechadas” uma vez que a marca alemã não terá qualquer participação no futuro processo de montagem de novos modelos.

No Brasil a empresa deve fabricar SUVs e uma pick-up

No Brasil a empresa deve fabricar SUVs e uma pick-up

GWM/Reprodução

Assim, a Great Wall será a terceira grande marca de origem chinesa atuando no país e tendo a Caoa Chery seu maior expoente e exemplo de parceria sino-brasileira. A segunda marca estabelecida aqui é a JAC Motors que tem espaço bem mais discreto por aqui.

Quais os próximos passos?
Apesar da aquisição feita apenas seis meses depois que a Mercedes interrompeu a produção nacional do Classe C e GLA no país, a Great Wall ainda tem um longo caminho até se estabelecer em solo brasileiro. A marca já lançou perfil no Instagram, ainda não tem site local e com o plano de fabricação local terá que estabelecer uma sólida rede de concessionários antes de efetivamente vermos um produto da Great Wall nas lojas. Uma das fontes consultadas pelo R7 afirma que sem o envolvimento da Mercedes na operação da Great Wall a adequação da fábrica de Iracemápolis será longa, algo que deve levar pelo menos um ano.

Marca também pode antecipar sua operação importando alguns veículos para se estabelecer no mercado local

Marca também pode antecipar sua operação importando alguns veículos para se estabelecer no mercado local

GWM/Reprodução

O tamanho da marca
A Great Wall detém quatro submarcas no mercado chinês: Haval, Wey (premium), Ora (elétricos) e GWM Pick-up. No Brasil a empresa deve fabricar SUVs e uma pick-up incluindo seu carro chefe: o modelo médio Haval H6.

Great Wall também atua na Tailândia (em uma fábrica que era da General Motors) e na Rússia com duas fábricas além de uma outra unidade na Índia

Great Wall também atua na Tailândia (em uma fábrica que era da General Motors) e na Rússia com duas fábricas além de uma outra unidade na Índia

GWM/Reprodução

Além da China a Great Wall também atua na Tailândia (em uma fábrica que era da General Motors) e na Rússia com duas fábricas além de uma outra unidade na Índia e a recém adquirida unidade no Brasil. Com estas unidades o grupo chinês já atua na Ásia, Oceania e Africa.

CAOA CHERY: montado, fabricado aqui ou importado da China? VI DE PERTO a linha do Arrizo e do Tiggo. Veja o vídeo!

Aqui no Brasil a Great Wall deve fabricar o crossover médio Haval H6 (com motor 2.0 turbo e também opção híbrida) já registrado no INPI além da pick-up Poer com motor 2.0 turbodiesel de 161cv. A marca também pode antecipar sua operação importando alguns veículos para se estabelecer no mercado local.

Últimas