Novo Kicks será apresentado dia 08 nos EUA

Previsto para o primeiro semestre de 2021, SUV compacto já vai mudar nos EUA seguindo o mercado asiático

Modelo terá versão híbrida no Brasil

Modelo terá versão híbrida no Brasil

Reprodução Internet

Antes de chegar no mercado brasileiro, o novo Kicks estreará na próxima semana nos Estados Unidos. O modelo, que já foi apresentado no Japão e Tailândia, deve ser lançado por aqui no início do próximo ano com motorização 1.6, já versão híbrida E-Power só desembarca em solo brasileiro em 2022.

SUV deve manter a câmera de ré e com visão 360º

SUV deve manter a câmera de ré e com visão 360º

Reprodução Internet

Enquanto o SUV não chega, a marca nipônica apresentou um teaser que mostra pouco mas é possível notar mudanças na grade frontal, nova assinatura dos faróis em LED e para-choques. E se o modelo seguir os detalhes da versão apresentada no mercado asiático, a grade dianteira deve seguir a característica V-Motion, além de ter novas entradas de ar e nichos para luzes de neblina.

Versão híbrida terá motorização de 129 cv de potência

Versão híbrida terá motorização de 129 cv de potência

Reprodução Internet

São esperados alguns detalhes de design totalmente renovados como rodas de 17 polegadas, novos para-choques traseiros, faróis de piscas com cor âmbar e combinações de cores para o teto e carroceria. Em relação a equipamentos, o utilitário esportivo deve manter a câmera de ré, câmera com visão 360º, sete airbags, sistema de som Bose com alto-falantes no encosto de cabeça do motorista, frenagem automática de emergência, central multimídia de 8” com tecnologia de espelhamento, entre outros.

NISSAN KICKS USADO VALE A PENA OU É BOMBA? Problemas, defeitos e pontos positivos. Veja o vídeo!

A marca não divulgou detalhes de motorização mas o grande destaque fica para a versão híbrida, que pode chegar nos Estados Unidos antes do mercado brasileiro. O modelo tem três cilindros 1.2 a gasolina de 129 cv de potência, que funciona como gerador de energia para baterias do motor elétrico. O SUV ainda tem a mesma tecnologia e-Pedal, que possibilita dirigir apenas com pedal do acelerador. Para o Brasil o maior impasse está no custo da tecnologia que só é produzida no Japão e pode ficar para um segundo momento.

*Em colaboração Felipe Salomão

Últimas