Autos Carros Peugeot registrou 28% de crescimento na rede de concessionárias

Peugeot registrou 28% de crescimento na rede de concessionárias

Marca conta com 164 lojas distribuídas pelas principais cidades do Brasil

Resumindo a Notícia

  • Peugeot está no mercado brasileiro há mais de 30 anos
  • Montadora conta com uma fábrica localizada em Porto Real, no Rio de Janeiro, inaugurada em 2001
  • Marca vende no Brasil o 208, e-208, 2008, e-2008, 3008, Expert, e-Expert, Boxer e Partner Rapid
Peugeot 208 é um dos modelos mais vendidos da marca no Brasil

Peugeot 208 é um dos modelos mais vendidos da marca no Brasil

Peugeot/Divulgação

A Peugeot informou que registrou crescimento de 28% na rede de concessionárias no Brasil. Atualmente, a empresa tem 164 lojas com serviços de vendas, manutenção e pós-vendas distribuídas pelas principais capitais do país.

Marca conta com 164 lojas com serviços de vendas, manutenção e pós-vendas distribuídas pelas principais capitais do país

Marca conta com 164 lojas com serviços de vendas, manutenção e pós-vendas distribuídas pelas principais capitais do país

Peugeot/Divulgação

Vale lembrar que a Peugeot está no mercado brasileiro há mais de 30 anos e conta com uma fábrica localizada em Porto Real, no Rio de Janeiro, inaugurada em 2001. Hoje, a montadora vende no Brasil o 208, e-208, 2008, e-2008, 3008, Expert, e-Expert, Boxer e Partner Rapid

PEUGEOT 208 com motor 1.0 FIAT: análise completa (motor, itens de série, ficha técnica e avaliação). Veja o vídeo!

“A Peugeot vive um de seus melhores momentos no mercado brasileiro em mais de três décadas de história no país. Um momento especial traduzido, principalmente, pelas vendas da marca, que tem alcançado números históricos de crescimento. Um desempenho que reforça a sua proximidade com os consumidores brasileiros, cada vez mais, envolvidos pelos diferenciais de seus modelos, como tecnologia, design, eficiência e funcionalidade”, diz o comunicado à imprensa.

*Com a colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas