Autos Carros Rival da Toro, Chevrolet Montana terá motor 1.2 turbo de 133 cv

Rival da Toro, Chevrolet Montana terá motor 1.2 turbo de 133 cv

Pré-venda está marcada para dezembro, segundo site oficial

Resumindo a Notícia

  • Chevrolet também informou que fez avanços na central eletrônica
  • Pick-up terá consumo baixo de combustível, de acordo com a projeção de engenharia da GM
  • Montana terá uma tela de sistema de entretenimento e um painel analógico com tela digital
Visualmente a nova Montana irá remeter a modelos mais novos da GM no mundo como o SUV Seeker

Visualmente a nova Montana irá remeter a modelos mais novos da GM no mundo como o SUV Seeker

Chevrolet/Divulgação

Perto de começar a pré-venda, em dezembro, a Chevrolet divulgou que a nova Montana terá motor de 1.2 litro turbo em todas as versões. Contudo, não revelou a potência, que deve ser de até 133 cv. Ao chegar no mercado a pick-up será rival direta da Fiat Toro, Renault Oroch e Ford Maverick.

NOVA MONTANA 2023 VEM AÍ: detalhes, motor, ficha técnica e versões serão mostrados EM BREVE. Veja o vídeo!

No comunicado de imprensa, a Chevrolet também informou que fez avanços na central eletrônica, o que permite até três variáveis de calibração, o que confere um funcionamento mais eficiente do motor, resultando em um consumo baixo de combustível, de acordo com a projeção de engenharia da GM.

Modelo terá faróis dianteiros afilados

Modelo terá faróis dianteiros afilados

Chevrolet/Reprodução

A nova Chevrolet Montana, que já foi vista de perto pelo R7 Autos Carros, terá faróis dianteiros afilados e uma ampla grade frontal. Já a traseira, mostrada recentemente, terá pequenos faróis com uma assinatura luminosa no formato de "Y" e uma barra escurecida ligando os faróis. A tampa da caçamba ainda terá escrito o nome Chevrolet. 

Traseira terá pequenos faróis com uma assinatura luminosa no formato de "Y"

Traseira terá pequenos faróis com uma assinatura luminosa no formato de "Y"

Chevrolet/Reprodução

Por dentro, a nova Chevrolet Montana terá uma tela de sistema de entretenimento e um painel analógico com tela digital. Ainda é esperado que a versão topo de linha tenha um painel de instrumentos 100% digital, que ainda não foi revelado pela montadora. Desta forma, o sistema multimídia pode  ficar integrado ao cluster, conferindo mais modernidade e tecnologia ao modelo. Já o volante deve ter um novo padrão visual com base reta e os bancos podem contar com acabamento em couro com costura branca. Segundo a fabricante, a pick-up terá pelo menos 20 milímetros a mais para o joelho dos passageiros traseiro do que as rivais.  

*Com a colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas