Volvo reabre fábrica na Suécia 

Fábricas na China também já retomaram as atividades 

Enquanto o mundo passa por uma grande crise causada pelo Covid-19, que alterou o cronograma de todas as fábricas de automóveis pelo mundo, a Volvo anunciou uma boa notícia. Após diálogos com sindicatos locais, a fábrica e escritórios da montadora na Suécia serão reabertos seguindo todos os protocolos de segurança da OMS, Organização Mundial da Saúde.

Divulgação

Para receber todos os funcionários, a montadora higienizou todas as instalações. A partir do retorno, que acontecerá hoje (22), as rotinas de limpeza serão intensificadas e testes de temperatura e oxigenação do sangue serão oferecidos a todos os colaboradores.

Nas últimas semanas, os funcionários revisaram todas as estações de trabalho na fábrica de Torslanda sob uma perspectiva de saúde e segurança. Onde o distanciamento social não for possível, outras medidas de proteção foram adotadas, mas não foram divulgadas pela Volvo.

Divulgação

Quanto aos outros locais da rede global de fabricação da Volvo Cars que ainda estão fechados, a fábrica de Ghent, na Bélgica, também será reaberta hoje (22), mas com produção reduzida. Atualmente, a empresa planeja reabrir sua fábrica na Carolina do Sul nos Estados Unidos na segunda-feira, 11 de maio. O país é hoje o epicentro da pandemia do COVID-19 mas já planeja o retorno especialmente fora dos grandes centros urbanos como é o caso da unidade no sudeste americano.

Divulgação

O restante das fábricas serão abertas conforme a pandemia vá diminuindo. O mesmo ocorreu nas unidades da China que reabriram ao longo do mês de março após cerca de dois meses paralisadas. “Temos uma responsabilidade em relação a nossos funcionários e fornecedores para reiniciar as operações agora que a situação permite", disse Håkan Samuelsson, CEO da Volvo Cars. "A melhor coisa que podemos fazer para ajudar a sociedade é encontrar maneiras de reiniciar a companhia de maneira segura, salvaguardando a saúde das pessoas e seus empregos".

Últimas