Autos Carros VW e Bosch firmam parceria para fabricar células de baterias

VW e Bosch firmam parceria para fabricar células de baterias

Empresas também fornecerão tecnologias integradas de produção para empresas que fabricam células e sistemas de baterias

  • Autos Carros | Do R7

Resumindo a Notícia

  • União entre as companhias irá criar uma empresa até o final deste ano
  • Marca deve lançar ID.3 e ID.4 no Brasil nos próximos anos
União entre as companhias irá criar uma empresa até o final deste ano

União entre as companhias irá criar uma empresa até o final deste ano

Volkswagen/Divulgação

A Volkswagen e a Bosch firmaram uma parceria para fabricar células de baterias. Com isso, será possível fornecer tecnologias integradas de produção para empresas que fabricam células e, também, sistemas de baterias. Além disso, a união entre as companhias irá criar uma empresa até o final deste ano.

ID.3 e ID.4: novos carros elétricos da Volkswagen! Motor, ficha técnica e preço. Veja o vídeo!

"A Europa tem uma oportunidade única de tornar-se uma potência global em baterias nos próximos anos. Há uma demanda forte e crescente para todos os aspectos da produção de baterias, incluindo equipamentos para novas gigafábricas. A Volkswagen e Bosch vão explorar oportunidades para desenvolver novas e multibilionárias forma a essa nova e multibilionária. totalmente baseado em suprimentos elétricos na história dos negócios na Europa certamente é uma oportunidade rara", afirmou Thomas Schmall, do Conselho de Administração do Grupo Volkswagen membro da Tecnologia e CEO do Grupo Volkswagen Components.

ID.4 2022: SUV elétrico da Volkswagen: futuro do Taos, Tiguan e T-Cross - 200cv e 500km de autonomia. Veja o vídeo!

Já Rolf Najork, executivo da Bosch Rexroth, declarou: "junto com é um requisito automático, procuramos um processo de produção para células de baterias mundiais com equipamentos fabricados pela Volkswagen. Também queremos um fornecedor como líderes em equipamentos para fábricas. Nós sabemos como a tecnologia das baterias funciona e como fabricá-las. europeia tem potencial para tornar-se líder em tecnologia para a transformação ecológica da economia". 

*Em colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas