Blog do Nolasco Diária em hotel de Bolsonaro em Dubai custa R$ 45 mil; veja fotos

Diária em hotel de Bolsonaro em Dubai custa R$ 45 mil; veja fotos

Despesas são arcadas pelos anfitriões; presidente disse que levou mil dólares para gastar na viagem e não pagaria pelas diárias

  • Blog do Nolasco | Carlos Eduardo Bafutto, do R7, e Thiago Nolasco, da Record TV

Hotel Habtoor Palace Dubai hospeda comitiva de Bolsonaro na cidade

Hotel Habtoor Palace Dubai hospeda comitiva de Bolsonaro na cidade

Reprodução - Habtoor Plaza

A diária do quarto onde o presidente Jair Bolsonaro está hospedado em Dubai custa R$ 45 mil. O valor foi revelado pelo chefe do Executivo brasileiro durante conversa com a imprensa neste sábado (13). A comitiva está no Habtoor Palace Dubai, um hotel de luxo da cidade. 

“Vocês sabem quanto é a diária do meu quarto? R$ 45 mil. O que você acha disso? É 0800 para mim, ta o.k.? Eu e mais nove, são dez quartos. Eu jamais, com todo o respeito, ficaria aqui", disse Bolsonaro.

O presidente fez uma relação entre o valor da diária e o salário que recebe como presidente. "Você sabe quanto eu ganho líquido por mês? Quem paga as contas aqui não seria eu. Seria o cartão corporativo. Você sabe quanto o presidente da República ganha líquido por mês? Na ordem de R$ 25 mil. Não estou criticando. Essa é uma realidade."

A Record TV apurou que as diárias da comitiva presidencial são pagas pelo governo dos Emirados Árabes Unidos, anfitriões da Expo Dubai 2020.

Refeição paga por Paulo Guedes

Bolsonaro também disse aos jornalistas que só comeu fora porque o ministro da Economia, Paulo Guedes, pagou a conta. O grupo foi a uma pizzaria após os compromissos oficiais. “Senão, eu não iria comer”, brincou. Perguntado sobre declarações anteriores de que ele e Paulo Guedes sempre dividem a conta, o presidente disparou: “Não, mas dessa vez não foi. Peraí. Ele está na minha mão”, disse aos risos. “O Bento [ministro de Minas e Energia] está na minha mão, o Gilson [ministro do Turismo] está aqui na minha mão, o Braga Neto [ministro da Defesa] está na minha mão”, completou.

Sobre a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que não o acompanhou no jantar do primeiro dia de viagem, o presidente disse: “quem é casado aqui sabe da dificuldade de sair com a esposa. Ela queria ir para o shopping. Com todo o respeito, não tenho mais paciência de ficar no shopping. Ela merece. Dei US$ 1000,00 para ela. Saquei lá no Brasil e dei US$ 1000,00 para ela e US$ 1000,00 comigo. Tenho certeza que não vou gastar a minha cota. Mas ela, deixei à vontade,” completou.

Últimas