Blog do Nolasco Itamaraty convoca embaixador de Angola e repete informações

Itamaraty convoca embaixador de Angola e repete informações

Fontes ligadas às negociações dizem que estão trabalhando com afinco e que aguardam a posição do governo angolano

  • Blog do Nolasco | Thiago Nolasco, da Record TV

Missionários desembarcaram em São Paulo na última quarta-feira (12)

Missionários desembarcaram em São Paulo na última quarta-feira (12)

Divulgação/Demetrio Koch

Um dia depois da chegada ao Brasil dos nove missionários brasileiros da Igreja Universal deportados de Angola, o ministro das Relações Exteriores Carlos França convocou o embaixador angolano, Florêncio Mariano, para uma reunião.

Após o encontro, o Itamaraty divulgou uma nota em que nada foi detalhado sobre as ações do ministério relação à expulsão dos missionários do país africano. A nota oficial limitou-se a repetir as informações dadas na última quarta-feira (12).

Fontes ligadas às negociações dizem que estão trabalhando com afinco para resolver a questão e que aguardam a posição do governo angolano.

Leia a nota na íntegra:

Na tarde de hoje, o Ministro de Estado das Relações Exteriores convocou o embaixador de Angola para solicitar esclarecimentos sobre a deportação de nacionais brasileiros em 11/05 e os aspectos legais associados ao caso.

Desde que a Embaixada do Brasil em Luanda tomou conhecimento da notificação de deportação dos 34 cidadãos brasileiros, manteve permanente contato com as autoridades angolanas para assegurar a devida proteção consular, que foi prestada em cada ocasião em que foi necessária.

Na noite de 11/05, nove dos 34 cidadãos brasileiros embarcaram para o Brasil. O embarque transcorreu com tranquilidade, por meio de apresentação voluntária, e deu-se na presença de dois funcionários consulares brasileiros, que acompanharam o processo ao longo de todo o dia, prestando a plena assistência consular a que fazem jus os cidadãos do nosso país.

A pedido do embaixador do Brasil, foi assegurado aos demais brasileiros, que não conseguiram embarcar na noite de 11/05, o direito de aguardar o embarque em suas residências.

Últimas