Blog do Nolasco Num jantar em São Paulo, Bolsonaro rejeita lockdown

Num jantar em São Paulo, Bolsonaro rejeita lockdown

Presidente e ministros de Estado se encontraram com empresários em restaurante na capital paulista

Ministro Paulo Guedes após o jantar em SP

Ministro Paulo Guedes após o jantar em SP

Willian Moreira/Estadão Conteúdo - 07.04.2021

Em jantar com vinte empresários e executivos em São Paulo, nesta quarta (7), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) falou sobre a vacinação contra a covid-19, a possibilidade de lockdown no país e a agenda de reformas.

 Jair Bolsonaro (sem partido), avaliou o encontro como "muito bom" e disse ao Blog que, "elogiaram bastante meu discurso de 10 minutos".

Assim como já havia feito na manhã de hoje, em Chapecó (RS), o presidente voltou a afirmar que o governo federal não fará fechamento de cidades para diminuir a transmissão do coronavírus.

Os ministros Paulo Guedes (Economia), Fábio Farias (Comunicação) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) estavam presentes. Freitas citou o sucesso do leilão de aeroportos realizado nesta quarta, no qual o governo conseguiu arrecadar R$ 3,3 bilhões. Paulo Guedes, por sua vez, reforçou a importância do Auxílio Emergencial, que ajudará novamente as pessoas a saírem da pobreza. O ministro da Economia também disse ao blog que o encontro foi "excelente".

O evento teve ainda a participação de Marcelo Queiroga, ministro da Saúde. Ele falou sobre o isolamento social como instrumento para combater a pandemia e endossou a posição de Bolsonaro a respeito do lockdown.

O jantar foi realizado pelo empresário Washington Cinel, dono da companhia de segurança Gocil. O objetivo foi aproximar os empresários do Governo.

*Colaborou Leandro Stoliar

Últimas