Novo Coronavírus

Christina Lemos Anvisa atualiza regras de entrada de viajantes e inclui Reino Unido

Anvisa atualiza regras de entrada de viajantes e inclui Reino Unido

Além da exigência de exame negativo, texto veta a chegada ao Brasil de voos de origem ou passagem pelo Reino Unido

Foto de arquivo mostra o aeroporto de Heathrow, perto de Londres

Foto de arquivo mostra o aeroporto de Heathrow, perto de Londres

Stefan Wermuth - 11.10.2016/Reuters

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou novas regras para a entrada de estrangeiros ou brasileiros em território nacional como forma de conter a disseminação do novo coronavírus. Após edição extra do DOU (Diário Oficial da União) publicado na noite de quarta-feira (24) incluir veto a pouso de aeronaves que tenham origem ou ao menos passado pelo Reino Unido,  a agência atualizou suas diretrizes com a publicação da portaria interministerial 648/2020 nesta quinta-feira (24).

O texto veta temporariamente a chegada ao Brasil de voos que tenham origem ou passagem pelo Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte a partir do dia 25. Todos os viajantes, brasileiros ou estrangeiro, terão que apresentar teste do tipo RT-PCR negativo para covid-19 para embarcar para o país.

Confira as regras e procedimentos que devem ser adotados para entrada no Brasil:

1) A apresentação da DSV (Declaração de Saúde do Viajante) é obrigatória para todos os viajantes, brasileiro ou estrangeiro, que estejam chegando ao país. Para isso, o viajante deve apresentar o e-mail de comprovação de preenchimento do documento à companhia aérea. O formulário pode ser acessado pelo link https://formulario.anvisa.gov.br/.

2) O teste com resultado negativo ou não reagente para covid-19 é obrigatório para todos os viajantes, brasileiros ou estrangeiros, que queiram embarcar para o país, independentemente de sua origem. O teste deve ser apresentado antes do embarque e feito em até 72h antes do embarque. A medida entra em vigor no dia 30 de dezembro.

3) Crianças com idade entre 2 e 12 anos estão dispensadas do teste desde que seus acompanhantes cumpram todas as exigências. Já aquelas viajando desacompanhadas estão obrigadas a apresentar o teste da mesma forma que os demais viajantes. Os menores de 2 anos não precisam de teste.

4) Estrangeiros que estiveram no Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte nos últimos quatorze dias não estão autorizados a embarcar para o Brasil. Brasileiros que estiveram nessas localidades nos últimos quatorze dias poderão entrar no país com a obrigação de realizar quarentena de 14 dias. Essas restrições entram em vigor no dia 25.

Últimas