Novo Coronavírus

Doria quer evitar “clima de competição”

Governador de SP pisou no freio na reta final e evita embates com Brasília. Estado tem "tudo pronto" para vacinar imediatamente

SP vacinará imediatamente após aval da Anvisa

SP vacinará imediatamente após aval da Anvisa

Governo do Estado de São Paulo - 11.01.2021

O governador de São Paulo, João Doria, do PSDB “está muito feliz com a vacinação em breve dos brasileiros, mas não vai entrar no clima de competição”, declarou ao blog esta manhã auxiliar próximo ao tucano, quanto à disputa política envolvendo o início da aplicação da vacina contra a covid-19.

“O primeiro a ser imunizado em São Paulo será um profissional de saúde” e não uma celebridade ou personagem popular, como Pelé, ou o padre Júlio Lancelotti, como se especula, diz a mesma fonte.

Ainda não está definida a agenda do governador neste domingo, dia em que a Anvisa promete divulgar sua posição oficial sobre a autorização para o uso emergencial de vacinas. O primeiro pedido a ser apreciado será o da Coronavac/Butantan, importada por Dória.

A máquina do sistema público de saúde do estado está pronta para iniciar imediatamente a vacinação, após autorização da agência, inclusive com a prontidão de mais de 50 mil agentes de saúde. “Uma vez obtida a autorização, a prioridade é vacinar as pessoas o quanto antes”, revela o auxiliar.

A data inicialmente divulgada pelo governo do estado para a largada na imunização era 25 de janeiro, aniversário de São Paulo.

Últimas