Novo Coronavírus

Ineditismo marca reunião decisiva da Anvisa

Encontro de Direção Colegiada neste domingo deve liberar uso emergencial de vacinas. Importação antecipada indica confiança na autorização

Brasil buscará 2 milhões de doses de Oxford na Índia

Brasil buscará 2 milhões de doses de Oxford na Índia

Russell Cheyne/Reuters - 07.01.2021

A reunião dos cinco diretores da Anvisa que decidirão no voto, neste domingo (17), sobre autorização para uso emergencial das vacinas Coronavac/Butantan e Astrazeneca/Oxford é a primeira na história da agência a ocorrer nas atuais circunstâncias: num domingo, sob o foco de atenção de todo o país e com eventual transmissão on line.

O governo federal dá como certa a autorização, tanto que se antecipou na importação da Índia de 2 milhões de doses da vacina de Oxford, que chegam ao Brasil na véspera da esperada reunião. Segundo promessa do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a campanha de vacinação federal pode começar quatro dias depois do aval da Anvisa, isto é, na semana que vem.

A diretoria colegiada da Anvisa é composta por 5 integrantes, indicados pelo governo entre médicos, especialistas e representantes de aliados políticos. As decisão do grupo se dá após apreciação e parecer da equipe técnica da agência. Neste domingo, o encontro está previsto para começar depois das 10h e estima-se que pode se alongar por cerca de 5h.

Últimas