Christina Lemos Ministério da Saúde decide acelerar vacinação no Amazonas

Ministério da Saúde decide acelerar vacinação no Amazonas

Medida visa barrar a expansão da variante do coronavírus para o restante do Brasil e também frear infecções e mortes no Estado

Vacinação no Estado do Amazonas será acelerada

Vacinação no Estado do Amazonas será acelerada

Raphael Alves/EFE - 06.02.2021

Para criar uma barreira à variante do coronavírus presente no Estado, o Ministério da Saúde decidiu acelerar o processo de vacinação da população do Amazonas. A ideia é também proteger a totalidade do povo brasileiro e tentar deter a expansão da covid-19. Os detalhes estão sendo acertados numa reunião que acontece agora há noite.

Até agora, dada à grave situação pela qual o Amazonas passa, havia sido destinado um total de 5% do total das vacinas disponíveis no país. Com o pretendido aumento no ritmo das vacinações, o Estado receberá uma grande quantidade de doses que deverão vir a partir de novas aquisições. Isso não significa, no entanto, que outros Estados do país serão afetados. Não haverá desabastecimento de vacinas nas demais regiões.

A prioridade ao Amazonas será proposta ao CONASS (Conselho Nacional de Secretário de Saúde) CONASEMS (Conselho Nacional de Secretarias Municipais), que têm de autorizar a operação. Para implementar essa medida, o Ministério da Defesa será acionado.

O projeto, além de criar a barreira à expansão do vírus, visa também conter as altas taxas de contaminação e mortes locais.

Últimas