O ministro que virou hambúrguer. E barato

Propaganda bem humorada de rede de lanchonetes usa o nome de Paulo Guedes, da Economia, para vender sanduíches a menos de R$ 10. Vídeo alcança quase 10 milhões de visualizações no Youtube

O ministro da Economia, Paulo Guedes, que ainda não provou o hambúrguer.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, que ainda não provou o hambúrguer.

Adriano Machado/ REUTERS 12.01.2021

Se o ministro Paulo Guedes tinha alguma dúvida sobre sua popularidade, uma peça publicitária de uma grande rede de lanchonetes acaba de provar o contrário. Utilizando o nome do titular da pasta da Economia, a propaganda anuncia que “interrompemos a nossa programação para falar da economia com Paulo Guedes” - utilizando a tradicional tarja que antecede os pronunciamentos oficiais em rede nacional.

Em seguida, pelo menos cinco rapazes que sustentam se chamar Paulo Guedes - um deles inclusive apresenta do documento de identidade - começam a dar uma verdadeira aula de economia. “Tenho de fazer um pronunciamento?”, pergunta um deles. O objetivo é divulgar um dos sanduíches da rede que custa menos de R$ 10,00. Outro suposto homônimo do titular da Economia ironiza: “Vai gastar R$ 9,90 como? Investir na bolsa?”  “Hoje em dia vc não pega nem ônibus errado com R$ 9,90” - assegura outro Paulo Guedes.

Em tom bem humorado, a propaganda segue demonstrando os resultados da “incrível” economia proposta pela lanchonete, com uma demonstração cabal de eficiência: Paulo Guedes devora o último hambúrguer, enquanto declara: “a dica é... come, e já era”.

O vídeo é um sucesso no Youtube, com quase 10 milhões de visualizações. Que se saiba, a iguaria gastronômica não está no menu do Paulo Guedes verdadeiro, que segue cumprindo protocolos de isolamento para prevenção ao coronavírus e não há confirmação que pretenda experimentar o sanduíche, nem mesmo pagando apenas R$ 9,90.

Últimas