Novo Coronavírus

Christina Lemos Oposição quer que governo seja investigado por estimular uso de cloroquina

Oposição quer que governo seja investigado por estimular uso de cloroquina

Partidos formalizaram denúncia junto à PGR que pede apuração por indicação de medicamento sem comprovação científica

  • Christina Lemos | Chris Lemos, da Record TV

Bolsonaro exibe caixa de cloroquina, remédio não tem eficácia comprovada contra covid

Bolsonaro exibe caixa de cloroquina, remédio não tem eficácia comprovada contra covid

Adriano Machado/ REUTERS 23.07.2020

Três partidos da esquerda, que formam a minoria na Câmara dos Deputados, decidiram acionar a PGR (Procuradoria-Geral da República) para pedir uma investigação sobre ministros e o presidente Jair Bolsonaro na atuação durante a pandemia. O principal alvo do pedido é o incentivo ao tratamento da covid-19 com cloroquina, remédio comprovadamente sem eficácia para frear os sintomas.

As duas ações, protocoladas nesta terça-feira (9), primeiro dia de sessão do ano, são baseadas e em reportagens. Além da denúncia ao incentivo da cloroquina, apontam também o corte de UTIs pela metade e uso da estrutura estatal para promoção de um medicamento perigoso e sem eficácia comprovada cientificamente. 

"O Presidente da República quis vincular sua imagem aos medicamentos supracitados, numa tentativa de se beneficiar politicamente com a utilização do “tratamento precoce”. Ocorre que tal fato traz desdobramentos perigosos para a população brasileira", diz trecho do documento endereçado à PGR.

Os líderes da minoria querem, além do acolhimento à representação, a verificação das "irregularidades no cumprimento ou o descumprimento dos ditames legais/constitucionais" e, por fim, que o "Governo Federal não promova a distribuição dos medicamentos tratados na presente representação com o fito de promover o 'tratamento precoce'.

Assinam os documentos, o líder do bloco, o deputado José Guimarães (PT-CE), e os líderes dos partidos Enio Verri (PT-PR), Daniel Cabral (PSB-PE) e Talíria Petrone (PSOL-RJ).

Últimas