CPI da Covid

Christina Lemos Primeira reunião da CPI da Covid vai acontecer no dia 27

Primeira reunião da CPI da Covid vai acontecer no dia 27

Trabalhos da comissão serão semipresenciais, de acordo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, determinou medidas de segurança para a primeira reunião da CPI

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, determinou medidas de segurança para a primeira reunião da CPI

Adriano Machado/Reuters - 14.04.2021

A primeira reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado vai acontecer no dia 27 de abril, e não mais nesta quinta-feira (22), como chegou a ser divulgado. Membro mais velho da CPI, o senador Otto Alencar (PSD-BA) já fez a convocação oficial dos demais integrantes. No primeiro encontro, a comissão deve eleger o presidente e o vice-presidente do colegiado.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), informou nesta segunda-feira (19) que a CPI terá procedimentos semipresenciais em razão dos riscos sanitários. Na reunião inaugural, serão instaladas urnas externas ao plenário da comissão - inclusive uma na garagem do Senado, destinada preferencialmente aos senadores do grupo de risco. 

Além disso, o distanciamento social será garantido por meio da limitação de cadeiras. A transmissão de imagens e a captura de fotos serão realizadas exclusivamente pela Agência e TV Senado.

A CPI da Covid, que terá duraçao de 90 dias, vai investigar a conduta do presidente Jair Bolsonaro no enfrentamento à pandemia, em especial as ações relacionadas ao colapso do sistema de saúde de Amazonas, em janeiro deste ano, e os repasses de verbas federais a estados e municípios.

Últimas