Coronavírus

Christina Lemos Segurança térmica da vacina da Índia está garantida, diz Ministério

Segurança térmica da vacina da Índia está garantida, diz Ministério

De acordo com a Azul, responsável pelo transporte, a aeronave será equipada com contêineres específicos para garantir o controle de temperatura da carga 

Avião da Azul chegará sábado com carga de vacinas fabricadas na Índia

Avião da Azul chegará sábado com carga de vacinas fabricadas na Índia

Amit Dave/Reuters

Um avião da empresa aérea Azul saíra do Brasil na noite desta quinta-feira (14) com destino a Mumbai, na Índia, para buscar 2 milhões de doses da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca/Oxford, adquiridas pelo Ministério da Saúde para garantir o início da imunização dos brasileiros ainda em janeiro. A aeronave irá direto para a cidade indiana de Mumbai – serão 15 horas de voo sem escalas, em um trajeto de mais de 12 mil quilômetros. De acordo com a Azul, a aeronave que irá realizar a operação será equipada com contêineres específicos para garantir o controle de temperatura da carga de acordo com as recomendações do fabricante. A segurança térmica da vacina da Índia está garantida, segundo o Ministério.

A doses foram produzidas pelo laboratório indiano Serum – a carga é estimada em 15 toneladas. 

A volta ao Brasil, prevista para sábado (16), será pelo Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, onde as doses serão armazenadas. A vacina da AstraZeneca será distribuída aos estados em até cinco dias após o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para, assim, dar início à imunização em todo o país, de forma simultânea e gratuita.

Além dos 2 milhões de doses da AstraZeneca, o Brasil também conta com mais 6 milhões de doses da vacina do Instituto Butantan, produzida pelo laboratório Sinovac.

No total, o Brasil já tem garantidas 354 milhões de doses contratadas após acordos realizados com laboratórios, além de seringas suficientes para a administração das vacinas a todos os brasileiros.

Últimas