Coluna do Fraga Governo estuda reduzir preço de armas no Brasil 

Governo estuda reduzir preço de armas no Brasil 

Carga tributária sobre armamento é altíssima no País e redução de alíquotas reduziria o preço final das armas para o consumidor 

Governo estuda reduzir preço de armas

 Governo estuda reduzir preço de armas

Governo estuda reduzir preço de armas

Fernando Frazão/Agência Brasil - 18.01.2018

O governo Bolsonaro estuda reduzir o preço das armas. A medida é analisada no âmbito do decreto que irá flexibilizar a posse de armas e que deve ser editado nos próximos dias.

Há ainda pontos pendentes do decreto sendo discutidos nos ministérios da Justiça, Defesa e Economia. 

Para reduzir o preço final das armas o governo pode alterar as alíquotas dos impostos que incidem sobre o produto. Os impostos são quase 70% do valor de uma arma no País, um dos produtos mais taxados no Brasil.

Incidem sobre os armamentos IPI, ICMS e Pis/Cofins.

Em suas redes sociais, Eduardo Bolsonaro defende a redução do preço de armas e munições no País. Na semana passada, ele mostrou a diferença de preço de uma arma comprada nos Estados, incluindo impostos de importação, e uma arma comprada no Brasil.

O decreto das armas pode ser editado ainda nesta sexta-feira ou no início da próxima semana e deve ser o primeiro do governo Bolsonaro. Aumentar o acesso da população às armas era uma de suas promessas de campanha. 

    Access log