Eleições 2018
Coluna do Fraga Moro vai refletir sobre convite para ser ministro de Bolsonaro

Moro vai refletir sobre convite para ser ministro de Bolsonaro

Em nota, o juiz afirma que, caso o convite seja efetivamente feito, "será objeto de ponderada discussão e reflexão".

O juiz Sergio Moro vai pensar sobre o convite para ser ministro

O juiz Sergio Moro vai pensar sobre o convite para ser ministro

Cassiano Rosário/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 28.10.2018

O juiz Sérgio Moro soltou agora há pouco uma nota oficial sobre o convite feito ontem por Jair Bolsonaro para ser ministro da Justiça ou membro do Supremo Tribunal Federal.

Caso aceite integrar o ministério, Moro terá que se aposentar. A lei só permite afastamento de juízes para exercício do magistério.

Em relação ao STF, ele só poderá ocupar uma vaga a partir de 2020, quando o decano Celso de Mello terá que se afastar em razão da aposentadoria compulsória por causa da idade. Ele está na Casa desde 1989. Em 2021, pelo mesmo motivo, será a vez de Marco Aurélio Mello deixar o Supremo. 

Veja a nota de Sérgio Moro: 

Sobre a menção pública pelo Sr. Presidente eleito ao meu nome para compor o Supremo Tribunal Federal quando houver vaga ou para ser indicado para Ministro da Justiça em sua gestão, apenas tenho a dizer publicamente que fico honrado com a lembrança. Caso efetivado oportunamente o convite, sera objeto de ponderada discussão e reflexão. Curitiba, 30 de outubro de 2018.

Sergio Fernando Moro, Juiz Federal