Só faltou Cristiane Brasil cantar "Vai Ministra"

Rodeada de homens em um barco, ela errou na forma de se defender

Cristiane Brasil grava vídeo na praia sobre ações trabalhistas rodeada de amigos

Cristiane Brasil grava vídeo na praia sobre ações trabalhistas rodeada de amigos

Reprodução/Instagram

Com a posse suspensa pela Justiça em função de uma demanda trabalhista, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) fez um vídeo durante um passeio em uma lancha para se defender. No vídeo, ela diz que jamais imaginou que devia às duas pessoas que a processam na Justiça e que todos têm o direito de fazer reclamações trabalhistas. 

A defesa é bem razoável, mas o vídeo é um prato cheio para críticas. Brasil, uma mulher que pleiteia o cargo do ministra de Estado, está rodeada de amigos sem camisa em uma lancha em um paraíso de águas cristalinas. Antes de falar um deles fala: 'Vai ministra'. Só faltou a deputada dançar 'Vai malandra'. 

Cristiane Brasil já coleciona outras polêmicas, isso só desde o início de janeiro, quando foi nomeada. Seu pai, responsável pela sua indicação, defendeu o fim da Justiça do Trabalho. E agora a quase ministra, do alto de sua lancha, fala que 'qualquer um pode fazer reclamação trabalhista', deixando claro que em alguma medida ela concorda com o pai. 

Além da questão trabalhista, que impede a posse, Cristiane foi alvo de críticas por ter passado o Ano Novo em uma instalação da Força Aérea Brasileira (FAB) em Fernando de Noronha com um grupo de amigos. Mesmo após a Aeronáutica ter divulgado nota dizendo que a deputada pagou pela hospedagem, a história pegou mal. O local, mantido com verba pública, é reservado a autoridades como o presidente de República e militares. Além do mais, o brasileiro médio sabe que jamais vai poder pagar por um Ano Novo no paraíso, que esse ano abrigou Neymar e Bruna Marquezine. 

Depois disso, Cristiane foi flagrada por um repórter do Correio Braziliense mentindo a idade no Tinder, um aplicativo de paquera. No seu perfil, a deputada, que tem 44 anos, dizia ter 30.

Em vez de manter a linha 'rainha do camarote', Cristiane deveria apresentar a sua versão, a sua defesa, em outro cenário. Mais sóbrio. 

Em nota, a assessoria de Cristiane Brasil afirmou:

A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) afirma que a gravação e a divulgação do vídeo foram manifestações espontâneas de um amigo, editadas fora do contexto.

A deputada reitera ainda o seu respeito à Justiça do Trabalho e à prerrogativa do trabalhador reivindicar seus direitos.