A verdade sobre o 7 de setembro e Bolsonaro

O falso messias tenta sequestrar mais um dia pátrio, simbólico. Tenta colocar sua digital podre em uma data que deveria ser de todo o povo brasileiro. Bolsonaro tenta espalhar caos. Mas colherá JUSTIÇA. Assim como Lula, já merece ser preso.

  • Guto Ferreira | Do R7

Cerimônia comemorativa do 7 de Setembro, no Palácio da Alvorada.
 Publicado em 07/09/2020 02:52
 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
 Local: Brasilia-DF

Cerimônia comemorativa do 7 de Setembro, no Palácio da Alvorada. Publicado em 07/09/2020 02:52 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil Local: Brasilia-DF

Marcelo Camargo/Agência Brasil - 07.09.2020

No dia 7 de setembro de 1822, o Brasil declarava sua independência do império português. Figura mais icônica da Independência, D. Pedro encerrou oficialmente 322 anos de domínio colonial. Mas parece que o mal não dorme por muito tempo.

Alguns insistem em sermos colônia da corrupção, do clientelismo canalha, dos favores de família. Sob a bandeira mentirosa de PÁTRIA, FAMÍLIA e RELIGIÃO, Bolsonaro se iguala a Lula e o Bolsonarismo se torna irmão do Petismo. Na tentativa de acabar com o sistema democrático, Bolsonaro mostra não só sua vertente mais podre, mas também sua maior insegurança: Ser ele ou um de seus filhos, preso.

Já sabemos que ele é mentalmente incapaz, perturbado, com cada vez mais sua psicopatia sendo assumida em falas, atos e pensamentos. Seu coração é tão sombio, tão vil, tão enlameado, sujo e desprovido de Deus, que ele realmente dá como certo e bom um golpe no sistema democrático. Mas o pior não é isso. Como se já não representasse uma tragédia absurda, ele ainda tem apoio. Cada vez menor, mas tem. Fico pensando, o que estas pessoas querem comemorar em 7 de setembro?

Seria a maior inflação dos últimos 20 anos? Será que buscam comemorar o aumento de 60% no preço do arroz? Ou quem sabe de 70% no preço do feijão? Posso estar engando. Provavelmente vão comemorar o combustível a R$ 7,00. E devem levar faixar agradecendo o aumento de 50% na energia elétrica. Talvez não seja nada disso. Pode ser que estejam comemorando os casos de suspeita de corrupção nas compras de respiradores, máscaras ou vacinas pelo governo federal. Ou talvez seja tudo isso, em uma grande comemoração de um Brasil paralelo, em uma bolha onde todos acham que esta tudo bem.

Mas aí pergunto. Você é pobre? Humilde? Tem conta para pagar e salário justo, que as vezes falta no fim do mês? Faz parte dos 14 milhões de desempregados? Tá comemorando o que amigo(a)? Vai comemorar um governo onde o ministro da economia não gosta de pobre? Onde o ministro da economia diz ser absurdo filho de porteiro chegar à faculdade?

Se você for militar e estiver ao lado de Bolsonaro, tá comemorando o que??? Um cara que nunca respeitou sequer o código de ética, conduta e hierarquia das forças armadas quando esteve na ativa. É sério? Um capitão que foi empurrado para a reserva por agir como sindicalista na ativa. Este cara é um orgulho para você militar? Não pode ser.

O sequestro do 7 de setembro por este presidente incapaz, incompetente e promotor da corrupção deveria ser uma vergonha para o brasileiro.

Mas ainda tem mais. A convocação do povo evangélico. Sim, é verdade. Puxados por um dos maiores enganadores deste país, chamado Silas Malafaia, uma falso cristão, que dificilmente chegará na metade do caminho para as portas do céu, os evangélicos não percebem a arapuca em que estão se metendo. Aliás, Malafaia tem o dom da mentira. Anda de mãos dadas com ela. Você sabe quem mais carrega o dom da mentira cristão? Vocês respondem a Deus ou ao Bolsonaro? Porque se a resposta for Deus, seu lugar deveria ser no altar e não na rua defendendo corrupto. Deveriam pedir pelo Brasil com a sua fé, na sua igreja ou templo e não idolatrar um presidente que promove a violência, o preconceito e que de crente mesmo, tem muito pouco. Aliás, na rua, ao lado de Bolsonaro teremos gente defendendo torturadores, ditadura, gente que odeia cristãos, que são racistas, supremacistas. Os evangélicos se juntarão a esta corja? É isso que Deus espera ver do seu povo?

Você, cristão, costuma ver Bolsonaro em motocada, cavalgada, todo final de semana. Quando você o vê na igreja? No templo? Orando? Conta pra mim. Só quando precisa de apoio né? Quando ele precisa de voto né? Ou quando encontra um ventríloquo como Malafaia para expandir suas mentiras. Não acha estranho? Eu te explico porque. Todo aquele louvor que você preza incomoda Bolsonaro. Aquela energia da oração incomoda Bolsonaro. Ele não sente, não vibra, não crê de verdade. Por isso ele não fica feliz em uma igreja ou templo. Porque se ficar muito tempo lá dentro, com todos orando, será desmascarado. 

“QUANDO O JUSTO GOVERNA O POVO SE ALEGRA. MAS QUANDO O ÍMPIO GOVERNA, O POVO GEME” - PROVÉRBIOS 29:2. Na sua opinião, o povo brasileiro está alegre ou gemendo? Você vai negar a Bíblia agora?

Aliás, seguir uma figura perversa como Malafaia é claramente uma ofensa a Deus. Acredite.
O que salva nesta história toda é que dia 12 de setembro também está aí. O desespero do presidente é justamente este. Ele já sabe que perderá as eleições. Já sabe que sua base de apoio, de partidos de centro, já liberou parte de suas bancadas para apoiar quem quiser no Nordeste por exemplo. PP, PL, PSL. E quem pode culpá-los? Bolsonaro é tóxico. Envenena tudo o que toca. Mata relações e destrói pontes. E isso não tem a ver com honestidade não. Tem a ver com uma personalidade pútrida mesmo. Em forte decomposição.

E é por isso que Bolsonaro tenta usar uma massa de manobra de pessoas mais pobres (cada vez mais pobres aliás), sem tanto conhecimento, assim como Lula, assim como Collor tentou. Mas você pode pensar: “Guto, mas e a galera do agronegócio, que apoia o presidente? E os sertanejos?” Espere para ver o quanto este apoio vai durar. Lá fora, e o Brasil é dependente de compras externas, sobretudo das suas commodities, nosso país já é visto como pária, como “suspeito”, por ter um presidente que mais cavalga e anda de moto (com o seu dinheiro) do que governa. Um presidente desagradável e repito, incompetente. O mundo vê o Brasil de Bolsonaro como uma vergonha. Como algo ruim para o Ocidente, para a sociedade civilizada. O mercado financeiro, que costuma sempre estar grudado onde tem poder envolvido, já abandonou Bolsonaro...vai vendo.

O dia de 7 de setembro está aí. Se você tem um bom motivo para apoiar o presidente, vá para a rua. Ok. Seu direito. Mas faça antes uma reflexão dos pontos que este texto traz. O Brasil está melhor hoje? As coisas estão mais baratas? Seu salário mínimo aumentou acima da inflação?Temos mais empregos? Menos corrupção? Menos favorecimento a amigos e FAMÍLIA? A resposta é não. Bolsonaro e Lula são iguais. Inclusive no favorecimento aos filhos, vejam só.
E VOCÊ? TÁ COMEMORANDO O QUE?

ps. Enquanto este texto era escrito, um prefeito, aliado do Bolsonarismo foi pego com R$ 500.000,00, tentando embarcar do aeroporto de Congonhas para Brasília para ajudar a pagar a ida de pessoas para o evento de apoio ao Bolsonaro e pelo fim da democracia. Prefeito de uma cidade de 12.000 habitantes. Isso porque todos iriam voluntariamente né? Parece esquema de sindicato da época do PT. E você? Concorda com isso?

Últimas