Luiz Fara Monteiro Beluga entrega satélite da Airbus ao Kennedy Space Center

Beluga entrega satélite da Airbus ao Kennedy Space Center

Primeiro satélite Airbus Eurostar Neo lançado com sucesso poucas horas antes de seu gêmeo chegar a KSC

Beluga: entrega de satélite da Airbus ao Kennedy Space Center

Beluga: entrega de satélite da Airbus ao Kennedy Space Center

Airbus - Divulgação

Uma aeronave especial pousou no Centro Espacial Kennedy em Cabo Canaveral, na Flórida, neste fim de semana: o Airbus BelugaST (A300-600ST). Ele entregou o satélite HOTBIRD 13G construído pela Airbus para a Eutelsat. Isso aconteceu algumas horas depois que seu gêmeo, HOTBIRD 13F, foi lançado com sucesso por um foguete SpaceX Falcon 9.

As naves espaciais são os primeiros membros da nova família “Eurostar Neo” de satélites de telecomunicações da Airbus, baseada em uma plataforma de última geração e tecnologias desenvolvidas com o apoio da Agência Espacial Européia (ESA), e outros, incluindo o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) e a Agência Espacial do Reino Unido (UKSA).

Este marco também marca a primeira vez desde 2009 que o Beluga visitou os EUA – quando transportou o módulo europeu “Tranquility” da Estação Espacial Internacional.

Para esta última missão, o Beluga usou 30% de combustível de aviação sustentável (SAF) para seu voo de partida de Toulouse – refletindo as ambições de descarbonização da Airbus.

Satélite Airbus Eurostar Neo

Satélite Airbus Eurostar Neo

Airbus - Divulgação

“É uma verdadeira honra mostrar consecutivamente dois satélites para nosso cliente Eutelsat: duas peças de tecnologia europeia no icônico Kennedy Space Center”, disse Jean-Marc Nasr, chefe de sistemas espaciais da Airbus. “A capacidade da Airbus de colocar em campo uma solução europeia autônoma é ressaltada pelo transporte de nossos satélites na exclusiva aeronave Beluga – um verdadeiro exemplo de sinergias pan-Airbus!”

Assim que atingirem sua posição orbital, esses dois satélites, com sistemas de energia e controle térmico mais eficientes que seus antecessores, poderão transmitir mais de 1.000 canais de televisão em toda a Europa, norte da África e Oriente Médio. Eles também aumentarão a capacidade da Eutelsat de fornecer conectividade para mais de 135 milhões de pessoas, pois substituem três satélites Eutelsat atualmente em órbita.

Com o advento do novo BelugaXL, baseado na plataforma A330-200 maior, a frota BelugaST existente está progressivamente sendo disponibilizada para serviços de transporte de carga de grande porte globalmente. Desde o lançamento do novo serviço Airbus Beluga Transport em janeiro, o BelugaST tem realizado missões para diversos clientes em todo o mundo.

Airbus Beluga

Airbus Beluga

Airbus - Divulgação

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas