Luiz Fara Monteiro British Airways retoma voo para Johanesburgo com o gigante A380

British Airways retoma voo para Johanesburgo com o gigante A380

Aeronave chegou a ser ameaçada de encerrar operações. Viagens à África do Sul foram liberadas depois que o país deixou a lista de alerta para a variante Ômicron

A380 da BA: de volta a Johanesburgo

A380 da BA: de volta a Johanesburgo

Wikimedia Commons

A britânica British Airways retomou os voos para Joanesburgo com o Airbus A380. A companhia aérea retomou voos de longa distância com sua maior aeronave há pouco mais de um mês, informa o Simple Flying. Embora a variante Ômicron parecesse destinada a atrapalhar o plano da companhia aérea de enviar o gigante dos céus para a maior cidade da África do Sul, tudo acabou saindo como planejado.

A British Airways pegou muitos de surpresa quando revelou que o Airbus A380 retornaria aos céus com passageiros no final de 2021. Embora o A380 tenha diminuído em popularidade com algumas companhias aéreas, sua superpotência de nicho o torna um trunfo para a British. A companhia aérea continuará a operar a aeronave à medida que o tráfego continua a se recuperar nos próximos anos.

De volta a Johanesburgo:
Antes do início da pandemia de COVID-19, o Airbus A380 era uma visão regular em Johanesburgo, ostentando as cores da Air France, British Airways, Emirates e Lufthansa. Embora a aeronave não seja vista no aeroporto novamente com a pintura da Air France e seja improvável que retorne com a pintura da Lufthansa, ela já está de volta com a pintura da British Airways.

Nesta terça-feira (18), o gigante dos céus voltou a Johanesburgo vestindo o vermelho, branco e azul da libré de Chatham Dockyard da British Airways. De acordo com dados do RadarBox.com, o G-XLEL subiu aos céus do Aeroporto Heathrow de Londres (LHR) às 21:12, hora local, de segunda-feira (17). A aeronave percorreu cerca de 4.900 milhas náuticas (9.075 quilômetros) em cerca de 11 horas. Isso significou que o avião pousou na maior cidade da África do Sul às 10h16 desta manhã, apenas um minuto após o horário de chegada planejado.

O retorno do Airbus A380 da British Airways a Johanesburgo quase foi prejudicado pela descoberta da variante Ômicron COVID-19 na cidade no final de 2021. A descoberta levou um governo do Reino Unido em pânico a adicionar novamente a África do Sul à lista vermelha.

Quando a África do Sul acabou na lista vermelha pela primeira vez devido à variante Beta, demorou quase um ano para ser retirada. Muitos temiam uma situação semelhante desta vez e, como resultado, a British Airways adiou a retomada da rota do A380 para fevereiro.

Felizmente, rapidamente ficou claro que a variante Ômicron, embora mais transmissível que seus antecessores, era menos mortal que eles. O governo do Reino Unido rapidamente descartou a lista vermelha pela segunda vez. Dado esse desenvolvimento positivo, a British Airways trouxe a retomada do A380 em Johanesburgo para janeiro, embora um pouco mais tarde do que antes. Há indicações de que o governo do Reino Unido está eliminando quase todas as restrições para viajantes totalmente vacinados.

Rota do British Airways para o aeroporto Internacional O.R. Tambo

Rota do British Airways para o aeroporto Internacional O.R. Tambo

RadarBox.com

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas