Luiz Fara Monteiro Controlador autoriza pouso em pista com tráfego e quase causa tragédia; Vídeo

Controlador autoriza pouso em pista com tráfego e quase causa tragédia; Vídeo

Chefe dos Serviços de Navegação no Espaço Aéreo Mexicano foi demitido após incidente em que duas aeronaves estavam a metros do impacto devido a más indicações de um controlador de tráfego aéreo

O vídeo foi feito por uma tripulação que taxiava no aeroporto e quase presenciou uma catástrofe. Na imagem, pode-se ouvir uma voz tensa: "Não, não, não, não".

Na Cidade do México, neste fim de semana, em um incidente que na aviação é considerado gravíssimo, um avião foi autorizado a pousar em uma pista que já estava ocupada por outra aeronave.

O jato partiu de Mazatlan às 18h26 do último sábado (7) para cumprir um voo de pouco mais de uma hora e cinquenta minutos. O modelo era um Airbus A320-200N, matrícula XA-VRV, da Volaris, que realizava o voo Y4-799, com destino à Cidade do México.

A aeronave já estava na aproximação final da pista 05L, liberada para pouso, segundo o Aviation Herald.

Enquanto isso, outro avião do mesmo modelo da Volaris Costa Rica, de matrícula N545VL, se encontrava na cabeceira da pista, após ter sido liberado pela torre para alinhar na mesma pista 05L.

A tripulação no rádio transmitiu um aviso sobre o conflito em desenvolvimento, levando a tripulação do voo que se aproximava – Y4-799 – a arremeter e dar uma volta de baixa altitude (cerca de 100 pés AGL).

A falha causou a demissão do chefe dos Serviços de Navegação no Espaço Aéreo Mexicano (Seneam), Víctor Hernández Sandoval, uma vez que as duas aeronaves estavam a metros do impacto devido a más indicações de um controlador de tráfego aéreo, informou o Infobae.

O pouso, segundo o aplicativo de monitoramento de voo AirNav RadarBox, se deu às 21h16.

Rota do voo Y4-799 da Volaris, de Mazatlan para a Cidade do México

Rota do voo Y4-799 da Volaris, de Mazatlan para a Cidade do México

AirNav RadarBox

Um vídeo disponibilizado nas redes sociais mostra o momento da manobra.

O avião que estava em solo – Q6-4069 – partiu cerca de três minutos depois, enquanto a aeronave que vinha de Mazatlan (Y4-799) se posicionava para outra aproximação à pista 05R.

O pouso ocorreu em segurança.

O Ministério do Trânsito do México informou que não tem um relatório sobre a ocorrência.

Volaris: autorização para pousar em pista com tráfego

Volaris: autorização para pousar em pista com tráfego

Aeroprints.com - Wikimedia Commons

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas