Luiz Fara Monteiro Interferência em equipamento eletrônico faz Jumbo pousar fora da pista 

Interferência em equipamento eletrônico faz Jumbo pousar fora da pista 

Avião chegou a tocar com as rodas no gramado ao lado da pista e arremeteu para evitar um acidente. Relatório final foi divulgado hoje pelo NTSB, nos EUA 

Uma distorção do sinal eletrônico irradiado pelo equipamento de auxílio de pouso fez com que um "Jumbo" da China Airlines iniciasse um procedimento de aproximação para fora da pista e tocasse o gramado ao lado do asfalto, no aeroporto de Chicago. 

A conclusão do incidente, ocorrido em 21 de junho de 2018, está no relatório final do Conselho Nacional de Segurança de Transporte dos Estados Unidos (National Transportation Safety Board - NTSB), divulgado neste sábado (21).

O incidente — capturado pelas câmeras do terminal — mostra o enorme avião tocando as rodas na grama ao lado da pista e arremetendo logo em seguida. Esse tipo de ocorrência é chamado de excursão de pista (runway excursion). 

A imagem pode ser vista a partir dos 27 segundos do vídeo. No canto superior direito aparece o toque do Boeing 747 na grama e a arremetida logo a seguir.

O Boeing 747-400 cargueiro da China Airlines, registro B-18711, cumpria o voo CI-5148 de Anchorage, no Alasca, para Chicago O'Hare, nos Estados Unidos.

Quatro tripulantes estavam a bordo. O avião estava em uma aproximação pelo Sistema de Pouso por Instrumentos (Instrument Landing System - ILS) para a pista 10L às 09:57 (14:57Z). 

Logo após o incidente, os pilotos do Jumbo avisaram que estavam arremetendo por causa de um desvio de última hora na pista.

A tripulação de outro avião que estava taxiando informou à torre que o Jumbo havia saído da pista. E uma terceira tripulação solicitou a necessidade de inspeção da pista [para o caso de alguma peça do Jumbo ter se soltado durante o impacto].

De acordo com o Aviation Herald, uma inspeção de pista confirmou as suspeitas e encontrou detritos no local. A biruta, que indica a direção do vento (Wind Direction Indicator - WDI), foi encontrada danificada.

A pista ficou fechada por cerca de 50 minutos.

O Jumbo da China Airlines se posicionou para outra aproximação e pousou com segurança em outra pista, a 09R, cerca de 25 minutos após a arremetida.

Diz um trecho do relatório final do NTSB sobre a provável causa do incidente:

"Interferência com o sinal do localizador, resultando em uma condição Multipath experimentada durante a condução de uma abordagem ILS CAT III (autoland). Essa condição resultou em uma excursão de pista e subsequente arremetida".

Multipath é um termo usado para descrever a distorção do sinal irradiado.

Boeing 747-400 (Jumbo) da China Airlines semelhante ao da ocorrência

Boeing 747-400 (Jumbo) da China Airlines semelhante ao da ocorrência

Peter Bakema - Wikimedia Commons

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas