Luiz Fara Monteiro Piloto da Gol aborta decolagem após arremetida de avião da Latam

Piloto da Gol aborta decolagem após arremetida de avião da Latam

Vídeo mostra manobra preventiva do avião da Gol determinada por Controle de Tráfego

Chovia sobre o Aeroporto de Congonhas quando faltavam poucos minutos para as 7 da noite desta segunda-feira (13) e um A319 da Latam de matrícula PT-TME alertou:

"TAM, aproximação perdida, TAM 3253". 

O piloto do Latam 3253 quis dizer que estava arremetendo pouco antes de tentar o pouso na pista 17R (direita) de Congonhas, em São Paulo.

Imediatamente, na cabine do voo 1456 da Gol, os tripulantes ouviram uma voz feminina firme e determinada:

"Uno-Quatro-Cinco-Meia, aborte decolagem, aborte decolagem".

Era uma ordem para que o piloto do avião da Gol, que já corria na pista no mesmo sentido da trajetória da aeronave da Latam, abortasse a decolagem. 

Nas imagens registradas pelo canal Golf Oscar Romeo, do YouTube, é possível verificar a atuação dos reversores do Boeing da Gol, matrícula PR-GGL, em ação.

Uma grande quantidade de água pode ser vista subindo na pista, resultado da atuação dos reversores.

Piloto abortou a decolagem do voo

Piloto abortou a decolagem do voo

Reprodução

A controladora, então, pede que o Latam confirme o motivo da arremetida. A tripulação confirma:

"Aproximação não estabilizada", diz o piloto por duas vezes.

Mesmo que o Gol mantivesse a decolagem, a separação entre as duas aeronaves estaria a uma distância segura.

Mas, como diz o ditado, prevenir é melhor do que remediar.

Talvez nenhum setor priorize tanto essa filosofia quanto a aviação.

Excesso de precaução nunca é demais na aviação. Pelo contrário, é recomendada em nome da segurança.

A ocorrência está longe de ser classificada de incidente, muito menos de um quase incidente. 

Foi apenas uma imagem vista com pouca frequência na maioria dos terminais.

De negativo mesmo apenas o transtorno enfrentado pelos passageiros do Gol.

O Boeing que abortou a decolagem quando estava a mais de 170 km/h e precisou retornar ao pátio para uma verificação técnica de rotina.

Atualização:

Passageiros que estavam a bordo do Gol informaram ao blog que uma outra aeronave foi utilizada para prosseguir com o voo, que decolou com cerca de duas horas de atraso para Brasília.

Em nota ao Blog, a Latam Brasil informou:

A LATAM Airlines Brasil informa que, devido tráfego aéreo no aeroporto de Congonhas na noite desta segunda-feira (13), fato totalmente alheio ao controle da empresa, o voo LA 3253 (Santos Dumont /Rio de Janeiro– Congonhas / São Paulo) arremeteu, pousando em total segurança, às 18h51.

A companhia ressalta que a arremetida é um procedimento padrão de segurança na aviação. A segurança é um valor imprescindível para a companhia e todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas